RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



INSO. (Jaime do) CHINA

Edições Europa. Lisboa. 1936.

De 30x23 cm. com 396, [viii] págs.

Encadernação do editor com a lombada em pele decorada com ferros a ouro e a seco na lombada e na pasta anterior. Profusamente ilustrada no texto, com fotogravuras e em extratexto com cromogravuras coladas em folhas de papel creme. Texto impresso a duas colunas sobre papel couché. Exemplar preserva as capas de brochura ilustradas a cores com motivos da cultura chinesa.

Obra de grande beleza e de elevado nível tipográfico sobre todos os aspectos da China. Contém uma introdução destacando as características mais marcantes da cultura chinesa, a viagem para a China e a chegada a Hong-Kong. A obra é constituída por três partes com os seguintes títulos: A China Antiga; A China Moderna; Macau, Jóia do Oriente. Inclui bibliografia e índices.

Obra que descreve com pormenor a história da China, a cultura, literatura, caligrafias, teatro, música, arte, língua, religião, mitos, lendas, referindo o I Ching, ou livro das transformações, com tabelas completas do I Ching, descrições das mulheres chinesas e dos juncos.

Aborda com minúcia e conhecimento as questões contemporâneas da China, que estava a ser atacada pelo Japão. Inclui biografias de Sun-Iat-Sen e referências a Chiang Kai-Shek.

Jaime Correia do Inso (Nisa, Portalegre 1880 - Lisboa 1967) Oficial da Armada, que atingiu o posto de capitão-de-fragata, prestou serviço em Macau durante longos anos e depois de desempenhar diversos cargos na metrópole, terminou a carreira como director da Biblioteca e Museu da Marinha. Foi jornalista e escritor, e um profundo conhecedor da cultura chinesa.

Referência: 0903NM394
Local: I-2-D-3


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters