RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



BULHÃO PATO. (Raimundo António de) MEMORIAS.

Tomo I. Scenas de infancia e homens de lettras. Tomo II. Homens Politicos. Tomo III. Quadrinhos de outras epochas. Tipographia da Academia Real das Sciencias. Lisboa. 1894 e 1907. 3 tomos enc. em 1 volume. De 16x11 cm. Com 338-370-434 pags. Encadernação da época em tela (pele diabo) com 2 rótulos de pele na lombada. Exemplar apresenta assinatura de posse da época sobre as 3 folhas de rosto de cada tomo. Obra constituída por inúmeros pequenos ensaios autobiográficos que retratam a vida no País Basco e em Portugal, entre a família e amigos, na capital portuguesa e nos seus arredores; com memórias “cicatrizes indeléveis”, segundo o autor, das guerras carlistas, das guerras liberais, da Maria da Fonte e da Patuleia. Inocêncio XVIII, 158: “Raymundo Antonio de Bulhão Pato nasceu em Bilbau, províncias vascongadas, a 3 de Março de 1829, de pais portugueses; chamaram se, seu pai Francisco António Pereira Pato Moniz (da casa fidalga dos Patos, de Alcochete) e Alvares de Bulhão, e sua mãe D. Maria da Piedade Brandy, dama de nobilíssimo coração e notável inteligência, vinda de família burguesa muito considerada. Quando a família veio para Lisboa foi estudar para o antigo e bem conceituado colégio do Quelhas e depois matriculou se na Escola Politécnica, mas ali não completou o curso. Em 1846 estabelecia relações de amizade íntima com o eminente historiador Alexandre Herculano, e de 1847 para 1848 teve hospedagem na casa em que Herculano habitava, contígua á real biblioteca da Ajuda, e onde pode estreitar relações com Almeida Garrett”.

Referência: 1111JC058
Local: 9-23-C-34


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters