RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



PRADO, Frei João de S. José do. MONUMENTO SACRO DA FABRICA, E SOLEMNISSIMA SAGRAÇAÕ Da Santa Basílica do Real Convento, que junto á Villa de MAFRA.

dedicou a N: SENHORA, e SANTO ANTONIO A Magestade Augusta do Maximo Rey D. JOAÕ V. ESCRITO POR Fr. JOAÕ DE S. JOSEPH DO PRADO, Religioso da Província da Arrábida, e primeiro Mestre das Cerimonias da dita Basílica. LISBOA. Na Officina de MIGUEL RODRIGUES, Impressor do Eminent. Senhor Card. Patriarca. M. DCC. LI. (1751).

In fólio (de 31x21 cm) com [xxiv], 152 pags.

Encadernação da época em inteira de pele, um pouco cansada.

Ilustrado com 3 gravuras desdobráveis, executadas por Labouteux, contendo as plantas e os alçados da arquitetura do Convento de Mafra. O texto contém no início duas vinhetas decorativas gravadas, uma assinada por Le Bouteux, a outra por Debrie, e duas belas vinhetas também executadas por Debrie, em 1735 e 1740, representando o rei de Portugal, D. José I e o seu escudo real.

Exemplar com ex-libris da época « Do Principal Castro ».

Obra de grande aparato gráfico, única no seu género entre nós, descreve a faustosa inauguração, a arquitetura e o funcionamento eclesiástico do majestoso convento de Mafra. Hoje monumento nacional, foi mandado edificar por D. João V, na época auria da exploração portuguesa dos recursos minerais do Brasil colonial.

Este magnífico monumento destacasse sobretudo pelo seu enorme tamanho, a preciosa biblioteca e o seu conjunto único de carrilhões.

Inocêncio III, 391: “FR. JOÃO DE S. JOSEPH DO PRADO, Franciscano da província da Arrábida, cujo instituto professou no convento de Alferrara a 19 de Março de 1706. Foi Mestre de Cerimónias no real convento de Santo António de Mafra. Sabe-se que nascera em Lisboa, porém ignoro ainda as datas do seu nascimento e morte. Monumento Sacro…com três estampas, sendo uma destas descritiva da fachada ou frontispício do convento. Para corrigir algumas faltas, e adicionar varias noticias, que o autor omitiu n"esta obra, consulte-se o tomo VIII do Gabinete Histórico de Fr. Cláudio da Conceição. É de todas as do autor a que ainda hoje se procura pela curiosidade do assunto, e creio que os exemplares bem tratados têm chegado ao preço de 960 réis.”

 Contemporary binding. Illustrated with 3 folding plans of the Monastery of Mafra in Portugal. 2 engraved vignettes by Debrie (1735 e 1740) with the portrait of King Joseph I. Work commemorating and giving the account of the Grand Opening of the Monastery of Mafra.

Referência: 1209CS003
Local: M-8-C-12


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters