RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



LAS CASAS, Bartolomeu de. REGIONVM INDICARUM PER Hispanos olim devastarum accuratissima descriptio,

infertis Figuris aeneis ad vivum fabrefactis, Authore BARTHOLOMEAO de las CASAS Episcopo Hispano. Editio nova Priori longè correctior. HEIDELBERGAE, Typis GVILIELMI VVALTERI Acd. Typogr. A. S. MDCLXIV. [1664].

In 4.º De 27x20 cm. Com [iv], 112 pags.

Ilustrado com um magnífico frontispício gravado e 17 gravuras no texto.

Cartonagem original. Exemplar por aparar.

Terceira edição latina da obra, a primeira foi publicada em 1598. A edição original foi escrita em castelhano e impressa em Sevilha no ano de 1552. «Este é um dos livros mais terríveis já escritos, e uma das obras mais ousadas saídas da prensa. Breve relato das crueldades dos espanhóis em cada uma das colônias, incluindo Jamaica, Trinidad, Florida, Rio de la Plata e Peru.»

Obra fundamental para a história da colonização hispânica da América. O bispo de Sevilha, Las Casas, foi o primeiro autor a relatar as chacinas dos conquistadores e a defender os direitos dos índios americanos, fundando o conceito a que atualmente chama-mos direitos humanos. Esta obra foi muito divulgada e publicada (de forma interesseira) em países europeus que não descobriram a América, mas que mais tarde a colonizaram.

 In 4.º (27x20 cm). [iv], 112 pags.

Original cardboard binding.

Third Latin edition of this work.

The first Spanish edition of «Brevísima relación de la destrucción de las Indias» was published in 1552. «This is one of the most gruesome books ever written, and one of the boldest works that ever issued from the press. It gives a short account of the cruelties of the Spaniards in each of the colonies, including Jamaica, Trinidad, Florida, Rio de la Plata and Peru.»

Fundamental work in the history of the Spanish colonization of America. The Bishop of Seville, Las Casas, was the first author to report the slaughters and massacres performed by the conquistadors and to defend the rights of American Indians, founding the concept that today we call human rights. This work was highly publicized and published (on a self-interested way) in European countries that have not discovered America, but colonized it later.

Sabin 11285. Palau 1990, II. 83.

Referência: 1211CS021
Local: M-9-B-37


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters