RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



DEFINIÇÕES E ESTATVTOS DOS CAVALLEIROS & Freires da Ordem de N. S. Iesu Christo, com a historia da origem, & principio da della.

EM LISBOA: Por Pedro Craesbeeck, impressor del Rey, Anno M.DCXXVIII. [1628].

In fólio de 26,5x19 cm. com [viii], 274, [xiv] pags.

Encadernação do século xviii inteira de pele com nervos, rótulo vermelho e ferros a ouro na lombada.

Ilustrado com 2 (de 4) gravuras com as diferentes cruzes da ordem impressas a vermelho.

Bela impressão seiscentista com a folha de rosto enquadrada por moldura tipográfica e capitulares xilográficas ao longo do texto.

Exemplar da variante com a pag. 215 bem numerada e a 251 mal numerada (253), com ex-libris coevo na folha de rosto “De Fr. Jozé Meis.es[?] gramoxo comprou a Franc. Corte Real da [?] por 500.”, leves manchas de humidade, antigas e marginais.

1.ª edição.

Samodães 1016. “Livro estimado. Primeira edição. Muito rara.”.

Inocêncio II, 132. “Contem, alem do prologo (onde se transcrevem as bullas da fundação da Ordem, e da união do seu mestrado á Corôa, etc.) quatro livros ou partes; na 1.ª se tracta da fundação e creação da ordem, com o que lhe diz respeito: na 2.ª do provimento das commendas, obrigações dos commendadores, etc.: na 3.ª da jurisdicção ecclesiastica, e modo de a exercitar: na 4.ª dos privilegios da ordem; terminando por um rol de todas as commendas, e designação do rendimento de cada uma.”.

Referência: 1212CS023
Local: M-5-A-22


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters