RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



MISSALE | iuxta usum & ordinem Al- | mae Bracarensis Ecclesiae Hispaniaru[m] Primatis,

sum- | mo Studio atque diligentia | nouiter excusum, & multis insuper scito dignos, ac | clero pernecessa- | rijs auctum. | LVGDVNI, | Sumptibus Io. à Burgundia, | Bibliopolis Regis Lusitanorum, | 1558.

In fólio (de 28x21 cm) com [x], ccl, [i] folios.

Seguido de: MISSAE PROPRIAE FESTÓRUM BRACARENSIUM. (Appendix Missali Bracarensi 1558 edito). Braga. S/d [Circa 1890-1910]. In fólio (de 28x21 cm) com 53, viii, 11, [i] pags.

Seguido de: Collecta. Missae propriae festorum. S/d. S/L. [circa séc. XVIII]. In fólio (de 28x21 cm) com 12 páginas (numeradas de cix até cxxxii) retiradas de um missal setecentista.

Encadernação inteira de pele com ferros a seco rolados nas esquadrias de ambas as pastas e nos super-libris cruciformes adicionado com tachas de metal. Corte dos fólios carminado. Lembretes de cabedal na dianteira dos fólios, e seis marcadores em tecido azul. Vestígios de fechos (da encadernação) em metal e cabedal.

Texto a duas colunas e impresso a duas cores.

Ilustrado com magnífico frontispício arquitectónico com uma gravura representando os patronos da igreja de Braga (S. Pedro, S. Martinho, S. Frutuoso e S. Geraldo); encimado pela Natividade; e na base o escudo episcopal; uma gravura de página inteira (no verso do primeiro fólio de texto) representando a Crucificação de Cristo; uma portada arquitectónica impressa a negro e a vermelho no fólio 22 (com santos e nichos); e 2 gravuras de página inteira na frente e no verso do fólio 120 (Deus Pai e outra no verso com Calvário); gravuras de pequena dimensão a talhe-doce com cenas bíblicas; abundante notação musical; e centenas de capitulares xilográficas ao longo do texto.

Magnífica impressão a duas colunas na qual foram utilizados belos caracteres góticos a talhe-doce; impressão alternada a vermelho e negro; e ilustrado com partituras musicais a duas cores no texto. Trata-se da raríssima e famosa edição do Missal Bracarense de Fr. Baltazar Limpo, com algumas diferenças por ele introduzidas em relação às anteriores e mandada imprimir em França, na cidade de Lyon, à época um dos mais famosos centros tipográficos da Europa. O impressor foi Pierre Fradin, segundo consta do colofón, e o editor foi João de Borgonha livreiro do rei de Portugal.

Exemplar com ex-libris oleográfico (do Dr. José Bayolo Pacheco de Amorim); ligeiramente aparado e com a maioria dos fólios marginalmente espelhados para facilidade de manuseamento da época e reparações de rasgões (em particular nos fólios 42, 64, 95, 102, 105, 106, 110, 116, 120, 121, 122, 123, 124, 125, 126, 129, 135, 136, 169, 170, 171, 172, 174 e até ao fólio 250); encontrando-se alguns com perda marginal da mancha gráfica (tal como ocorre com o fólio de rosto); falta do fólio 255 que se encontra reproduzido em manuscrito da época; e vestígios de fechos de metal na encadernação.

Apesar dos defeitos considera-se um exemplar muito interesante desta obra de grande significado histórico.

O apêndice «Missae Propriae Festórum Bracarensium» não se encontra referido na BNP.

Referência: 1309JC049
Local: M-8-B-1


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters