RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SOUSA DE CASTELO BRANCO. (Pedro de) ELEMENTOS DE HISTORIA,

OU O QUE HE NECESSARIO SABER-SE Da Chronologia, da Geografia, do Brazaõ, da Historia universal, da Igreja do Testamento velho, das Monarquias antigas, da Igreja do Testamento novo, e das Monarquias novas, ANTES DE LER A HISTORIA PARTICULAR PELO ABBADE DE VALLEMONT, Traduzida da língua Franceza na Portugueza, e accrescentada com algumas noticias de Portugal [de que trata, até o anno de 1750]. Por PEDRO DE SOUSA DE CASTELLOBRANCO, Senhor do Concelho de Guardaõ, Commendador na Ordem de Christo, General de Batalha dos Exercitos de Sua Magestade, e Governador da Praça de Setubal &c. Quinta impressão accrescentada com huma explicaçaõ de medalhas Imperiaes desde Julio Cesar até Heraclio. LISBOA: NA OFFICINA DE ANTONIO VICENTE DA SILVA. Anno de MDCCLXVII [1767].

Obra em 5 volumes.

In 8.º de 19x14 cm. Com [xxiv]-419, [xxvii]-299, 327-[ii], 324-[iv] e 335-[iii] pags.

Encadernações da época inteiras de pele com ferros a ouro nas lombadas.

Exemplar com ex-libris, com títulos de posse da época manuscrito sobre as folhas de rosto, vestígios de trabalho de humidade e de traça em algumas páginas (Tomo I, 339 e segs. Tomo II. pags. 363 e segs. Tomo III na folha de rosto e tomo V pags. 183, 187 e 203), e apresentando repetições das páginas 293 a 296 do tomo II entre as folhas preliminares do mesmo.

Inocêncio VI, 448: “Pedro de Sousa de Castello Branco, Comendador da Ordem de Cristo, e senhor do Guardão. Depois de ocupar vários nossos maiores no exército e na armada, chegou ao de General de batalha, e foi Governador da praça de Setúbal. Nasceu em Lisboa em 1678 e morreu em 1755. Foi pai de Fr. Pedro de Sousa de quem tracto no artigo precedente. Elementos da historia, ou o que é necessario saber se da chronologia, da geographia, do brazão, da historia universal, da egreja do testamento velho, das monarchias antigas, da igreja do testamento novo, e das monarchias novas, antes de ler a historia particular: pelo Abbade de Vallemont. Traduzida da lingua franceza na portugueza, e accrescentada com algumas noticias de Portugal. Lisboa, na Offic. de Miguel Rodrigues 1734 a 1751. 4.º 5 tomos com estampas. E novamente, Quinta impressão accrescentada com uma explicação de medalhas imperiaes desde Julio Cesar até Heraclio. Lisboa, na Offic. de Antonio Vicente da Silva 1767. 4.º 5 tomos, com XXIV 419 pag., XXVIII 299 pag., 329 pag., 328 pag., e II 338 pag., inclusive as dos índices finais. Creio que a indicação de quinta edição é feita com referência às do original francês pois não sei que haja da tradução portuguesa mais que as duas que ficam mencionadas sendo destas a primeira em tudo preferível à segunda, cujo preço nos Catálogos da casa da Viúva Bertrand & Filhos é ainda hoje de 3:000 réis. Tem esta obra muita analogia e semelhança com a Política moral e Civil de Damião António de Lemos publicada pelo mesmo tempo. A ordem ou disposição das matérias é contudo diversa, como se verá da seguinte resenha dos títulos dos nove livros em que se divide, a saber: Tomo I. - Livro 1.º Contém os princípios da cronologia. Livro 2.° Princípios de geografia. Tomo II - Livro 3.º Princípios do brasão. Livro 4.º Princípios da história universal. Livro 5.º Historia da Igreja do testamento velho. Tomo III. - Livro 6.º Historia das monarquias antigas, isto é, que floresceram antes do nascimento de Cristo. Tomo IV. - Livro 7.o Historia da Igreja de Jesus Cristo. Tomo V. - Livro 8.º Historia das monarquias novas. Livro 9.º Continuação das monarquias novas. O tradutor, para tornar a obra de maior utilidade para os seus patrícios, introduziu nela vários aditamentos originais, que respeitam particularmente à história de Portugal. Tais são: no tomo I a Cronologia de Portugal desde a fundação do reino, continuada em cinco épocas. (Da pág. 91 à 112 na edição de 1767.). Descrição de Portugal, repartido em três governos, eclesiástico, civil e militar com os catálogos dos Vice-reis e Governadores -gerais da Índia e do Brasil dos Capelães-móres, Inquisidores gerais, Reitores da Universidade, Presidentes do Desembargo do Paço, e mais tribunais civis, Governadores do Algarve, etc. (Dito tomo, da pág. 277 à 352). Descrição dos escudos de armas das famílias portuguesas. (Tomo II de pág. 14 até 84). Catálogo dos Reis e sucessos de Portugal, continuados de 1734 até 1750”.

 Bindings: contemporary full calf gilt to spine. An interesting translation of a French contemporary World History.

Referência: 1311JC056
Local: 8-2-H-67


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters