RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



CORELLA, Jaime. PRATICA DO CONFESSIONARIO.

E explicação das Proposiçoens condenadas pela Santidade de Inocencio XI, e Alexandre VII. SUA MATERIA, OS CASOS MAIS SELECTOS DA THEOLOGIA MORAL, SUA FORMA, HUM DIALOGO ENTRE CONFESSOR, E PENITENTE, I. E II. PARTE. COMPOSTA PELO REVERENDISSIMO PADE MESTRE Fr. JAYME DE CORELLA, Lente de Theologia, Missionario Apostolico, Ex-Provincial da Provincia dos Capuchos do Reyno de Navarra. TRADUZIDA EM PORTUGUEZ PELO P. DOMINGOS RODRIGUES FAYA, Presbytero do Habito de S. Pedro, natural da Cidade de Portalegre. COIMBRA: Na Officina de ANTONIO SIMOENS FERREYRA, Impressor da Universidade, Anno de MDCCXLIV. [1744].

2 partes em 1 volume. In folio (de 30x21 cm) com [xxviii], 239, 292 pags.

Encadernação da época inteira de pele, cansada, com ferros a ouro na lombada.

Ilustrado no texto com esquemas gráficos genealógicos impressos com filetes e caractéres tipográficos, representando: “Arvore de Consanguinidade em linha recta”; idem em linha transversal igual; idem em linha transversal desigual; e “Arvore de Afinidade” entre famílias.

Exemplar apresenta vestígios de manchas de humidade; e danos nos cantos e nas coifas.

Inocêncio IX, 149: “Padre Domingos Rodrigues Faia, Presbítero secular, e natural de Portalegre, etc. Pratica do confessionario e explicação das proposições condemnadas pela sanctidade de Innocencio XI e Alexandre VIII. Traduzida do hespanhol de Fr. Jayme da Corella. Coimbra, 1744. Folio de 239-292 pag., afóra as preliminares de rosto, licenças, índice, lamentação, peroração e preambulo. Um meu amigo provinciano, a quem aliás deve o Dicionário não poucas notícias e investigações colhidas a meu rogo para a parte biográfica dos escritores, comunicou-me também a existência desta preciosidade, entendendo que a sua omissão no Dicionário proviria da falta de conhecimento que eu dela tivesse. Aqui a lanço pois d'esta vez, para declarar que a primeira omissão foi intencional, como o foram centenas, ou talvez milhares de outras. Tenho visto em todos os tempos sobrados exemplares d'esta Pratica de confessores, e ainda por ocasião da venda feita há anos na Biblioteca Nacional dos livros duplicados pertencentes ao depósito das livrarias dos extintos conventos apareceram da tal Pratica, se bem me recordo, uns vinte a trinta exemplares em bom estado, dos quais nem um só achou comprador. Pelo que foram a final vendidos a peso para embrulhos com milhares de quilogramas de outros livros, que estavam no mesmo caso. Eis aqui (e fique isto repetido mais uma vez) a razão destas e doutras semelhantes omissões'.

Referência: 1312JC068
Local: FR-6-C-15


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters