RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



CONSTITVIÇÕES DO ARCEBISPADO DE LISBOA

assi as antigas como as extravagantes primeyras & segundas. Agora nouamente impressas por mandado do Ilustrissimo & Reuerendissimo senhor dõ Migel de Castro Arcebispo de Lisboa. [Vinheta com armoriada com brasão eclesiástico dos Castros]. Com licença da mesa geral do santo officio e ordinário. Impressas em Lisboa por Belchior Rodrigues impressor anno de 1588. Seguido de: CONSTITVIÇÕES EXTRAVAgantes primeyras do Arcebispado de Lisboa. [Vinheta com brasão armoriado de infante de Portugal, encimado por chapéu cardinalício, do Cardeal Rei D. Henrique]. Agora nouamente impressas por mandado do Ilustrissimo & Reuerendissimo senhor dõ Migel de Castro Arcebispo de Lisboa, por Belchior Rodrigues impressor. Anno de 1588. Seguido de: CONSTITVIÇÕES EXTRAVAgantes segundas do Arcebispado de Lisboa. [Vinheta com brasão armoriado de infante de Portugal]. Agora nouamente impressas por mandado do Ilustrissimo & Reuerendissimo senhor dõ Migel de Castro Arcebispo de Lisboa, por Belchior Rodrigues impressor. Anno de 1588.

In 8º gr. (de 25,5x17,5 cm) com 90, [viii], [10], [iv], 26 fólios.

Encadernação inteira de pele do século xviii com nervos e ferros a ouro.

Ilustrado com capitulares xilografadas com motivos decorativos e historiados.

Exemplar com anotação coeva da taxa em papel título de posse pela mesma mão; alguns títulos rasurados na folha de rosto; notas e sublinhados marginais coevos no texto; vestígios generalizados de manchas de humidade; oxidação com leve dano no pé até ao fólio nº 8; ex-libris oleográficos e outro em papel na guarda interior; corte das folhas marmoreado; e coifas fragilizadas pelo trabalho de traça.

Ilustrado com belos brasões tipografados nas folhas de rosto, encontrando-se um brasão delineado manualmente e outro brasão iluminado com cores e esmaltes, sendo os brasões das Constituições Extravagantes do Cardeal Infante D. Henrique. Esta é a primeira das 3 obras conhecidas que saíram dos prelos de Belchior Rodrigues.

2º edição.

Inocêncio II, 105 (426);

Monteverde 179 (1764);

Ameal 165 (673);

Samodães 242 (863);

Anselmo 291 (997);

Dom Manuel III, 232-196;

Palha 333;

M. dos Santos Nº 6 (3646)

Referência: 1402JC052
Local: M-9-E-7


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters