RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



LAIRESSE. (Gerardo) PRINCIPIOS DA ARTE DA GRAVURA.

Trasladados do Grande Livro dos Pintores de … Livro Decimoterceiro. Para servirem de Appendice aos princípios do desenho do mesmo author, em beneficio dos gravadores do Arco do Cego. (Armas de Portugal) Lisboa. Na Typographia Chalcographica, Typoplastica, e Litteraria do Arco do Cego. M. DCCCI. (1801) Por Ordem Superior.

De 22x16 cm. Com [IV], 42, [IV] págs. Brochado. Falta gravura. Exemplar por abrir.

Obra rara e procurada como todas as impressas nesta célebre tipografia. Inocêncio não a refere.

Tradução de uma parte do “Grande livro dos Pintores” da autoria de Gerard de Lairesse (1640-1710) célebre pintor e gravador francês que o ditou depois de ter ficado cego.

A Tipografia do Arco do Cego foi criada por D. Rodrigo de Sousa Coutinho, quando desempenhava as funções de Ministro da Marinha e Ultramar, com o objectivo de produzir livros destinados ao Brasil. Concentrava várias funções ligadas às artes gráficas, tipografia, calcografia, com um corpo próprio de gravadores, e tipoplastia, que produzia os seus próprios tipos. Convidou para director Frei Mariano Veloso, célebre botânico, que deu um grande dinamismo à tipografia, tendo sido impressos, com grande qualidade, no espaço de dois anos, 83 títulos, 44 deles ilustrados com gravuras. A tipografia chegou a ter uma aula de gravura e 24 gravadores a trabalhar para ela.  

 

Referência: 1505NL026
Local: 4-3-C-72


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters