RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



BARBOSA DE MAGALHÃES. CONTRA-MINUTA DO BANCO DE PORTUGAL NO AGRAVO DE INJUSTA PRONUNCIA DE ANTONIO AHRENS NOVAIS.

- O Processo do Banco Angola e Metrópole. - Pelo advogado ...  Estampa do Banco de Portugal. Lisboa. 1928.

De 25x18 cm. Com 112 págs. Brochado.

Peça do processo de julgamento da burla de Alves dos Reis.

Referência: 1602IA023
Local: 4-5-A-53


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters