RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



BERWICK Y DE ALBA. (Duquesa de) AUTOGRAFOS DE CRISTÓBAL COLÓN Y PAPELES DE AMÉRICA

Los publica La Duquesa de Berwick y de Alba Condesa de Siruela. [Centenario de Colón, 1892, Establecimiento Tipográfico Sucessores de Rivadeneyra]. Madrid. 1892.

In folio (de 33x23 cm) com 203 pags.

Encadernação da época com lombada e cantos em pele.

Profusamente ilustrado com fac-similes das cartas de Cristóvão Colombo, executadas em autotipias impressas sobre papel de linho coevo e em tinta sépia idêntica á usada na época.

Obra publicada por Doña María Rosario Falcó Osorio, a 21ª Condessa de Siruela, casada com o Duque de Alba, nascida em Pau, França, em 1854, falecida em Paris em 1904; e avó da última duquesa de Alba Dona Cayetana.

Impresso em papel de linho avergoado e com os fac-similes intercalados em extratexto impressos a partir de chapas tipográficas sobre papel de linho muito fino e alvo, idêntico ao utilizado nos documentos quinhentistas.

Contém 2 índices finais: um índice com os títulos dos documentos (confirmação de privilégios, cartas, memórias, litigações, executórias, etc.) e outro índice com os nomes das pessoas das pessoas mencionadas nos documentos.

Obra de extrema importância para o estudo da personalidade de Cristóvão Colombo na qual se documentam os seus conflitos com Pizarro e com Cortez pelo dominio da América. Os documentos autografos de Colon constituem uma dos maiores patrimónios bibliográficos da Casa de Alba que também foi herdeira dos Duques de Veragua descendentes do Almirante do Mar Oceano.

Referência: 1610JC007
Local: FR-1-A-13


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters