RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



NORTON DE MATOS. (Luís de Castro e Almeida) QUESTÕES COLONIAIS. SUBÍDIOS PARA O ESTUDO DO ACTO GERAL DE BERLIM DE 26 DE FEVEREIRO DE 1885

e das convenções de Saint-Germain-en-Laye de 10 de Setembro de 1919. Lisboa. 1931.

De 27x22 cm. com [ii], 125 folhas só preenchidas pela frente.

Encadernação da época com lombada em pele.

Texto dactilopolicopiado.

Dissertação de concurso para os lugares de terceiros secretários de legação e cônsules de 3ª classe conforme disposto no art. 11 do Decreto nº 18591 de 30 de Maio de 1930.

Inclui duas partes. A primeira trata dos direitos históricos de Portugal, descreve as complexas negociações do Acto Geral de 26 de Fevereiro de 1885, as negociações com a Associação Internacional do Congo e as negociações na Conferência de Bruxelas de 1890. A segunda parte descreve as negociações de várias convenções relativas à liberdade de comércio, à abolição da escravatura e à fiscalização do comércio de armas e de bebidas destiladas.

Trabalho muito interessante para o conhecimento da luta que Portugal desenvolveu em defesa do seu património colonial contra as ambições das grandes potências europeias. Tem especial interesse para a definição da fronteira Norte de Angola. Inclui desenvolvida bibliografia.

Referência: 1704PG027
Local: 8-3-E-53


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters