RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



AGREDA. (Soror Maria de Jesus de) MYSTICA CIUDAD DE DIOS, MILAGRO DE SU OMNIPOTENCIA, Y ABISMO DE LA GRACIA: HISTORIA DIVINA, Y VIDA DE LA VIRGEN, MADRE DE DIOS, REYNA, Y SEÑORA NUESTRA, MARIA SANTISSIMA,

Restauradora de la culpa de Eva, y Medianera de la Gracia: MANIFESTADA EN ESTOS ULTIMOS siglos por la misma Señora à su Esclava SOR MARIA DE JESUS, ABADESSA DEL CONVENTO DE LA INMACULADA Concepcion, de la Villa de Agreda, de la Provincia de Burgos, de la Regular observância de nuestro Serafico padre S. Francisco: PARA NUEVA LUZ DEL MUNDO, ALEGRIA DE LA IGLESIA Catholica, y confiança de los mortalhes. NUEVA IMPRESSION AÑADIDA DE DOS TABLAS, LA UNA DE LOS lugares de Escritura, y la outra de las cosas mas notables de esta Obra. PRIMERA PARTE. [SEGUNDA PARTE e TERCERA PARTE] EN AMBERES, A Costa de la Viuda de CORNELIO VERDUSSEN, Año de MDCCXXXVI. [1736] COM GRACIA, Y PRIVILEGIO.

3 Volumes de 35,2x22,6 cm. com [xxvi], clxxviii, 340, [xx]; [xviii], 592, xxiv; [viii], 310, [xxii] págs.

Encadernações da época inteiras de pele, lombadas com nervos, ferros a ouro e rótulos vermelhos, com sinais de uso nas charneiras e com a pele solta nas margens exteriores das pastas do 1º e 2º volume. Cortes das folhas carminados. 

Edição ilustrada com 93 gravuras, incluindo um frontispício gravado, um retrato da autora e cenas da vida da Virgem Maria, de Jesus Cristo e dos apóstolos depois da reunião no Cenáculo. Uma parte das gravuras são desenhadas por Joannes Stardanus, e as restantes por M. de Voos, gravadas por Adrien Collaert e impressas por Joannes Galle. Existem também um número significativo de gravuras sem assinatura ou algumas identificadas apenas por iniciais. Este exemplar tem mais 20 gravuras do que as que são referidas nas principais bibliografias.   

Certos passos da vida de Jesus são retratados por duas gravuras, existindo a hipótese de este exemplar estar enriquecido com o acrescento de gravuras de outras proveniências, que não estavam previstas originalmente. A Crucificação, a Ressureição de Cristo, são retratas em duplicado sendo uma com autoria explícita e a segunda sem assinatura.

Todas as gravuras são de grande beleza e abertas em chapa de metal com grande perícia, enquadradas por motivos arquitectónicos, ou florais, distinguindo-se pela sua beleza as da autoria de Joannes Stardanus, de Martins de Voos e de Pieter de Jode II.

Quadro das gravuras:

AUTORES

1º VOLUME

2º VOLUME

3º VOLUME

TOTAL

Martin de Voos, Adrien Collaert, Joannes Galle.

1

1

--

2

Joannes Stardanus, Adrien Collaert, Joannes Galle.

3

7

3

13

Pieter de Jode II, I. B. Barbe, Theodorus Galle.

--

1

--

1

Sem assinatura.

6

57

9

72

Só com iniciais.

 

4

1

5

 

TOTAIS

10

70

13

93

Impressão muito nítida com caracteres redondos e itálicos de vários tamanhos ornamentada com iniciais decoradas e florões de remate. A folha de rosto do 1º volume está impressa a preto e vermelho.

Exemplar com pequenas falhas de papel nas margens das páginas 119, 217 e 218 do 1º volume e na página 557 do 2º volume. O 1º volume no pé do frontispício gravado e o 3º volume no pé de imprensa da folha de rosto têm vestígios de uma assinatura de posse, que ao ser rasurada provocou pequenos buracos na folha de rosto do 3º volume. As páginas clxxvii e clxxviii do 1º volume estão encadernadas por engano do encadernador no fim das folhas preleminares do 2º volume.

A obra contêm: nas páginas preliminares do 1º volume: Dedicatória à Virgem Mãe Maria Santissima de Fray Alonso Salizanes, Ministro General de los Menores, Licenças de Portugal, com Aprovação de Francisco de Almada, Lisboa na Casa de S. Roque a 6-3-1680, de Fr António de Moraes de 18-3-1680 e de Fr. João da Madre de Deus de 22-3-1680, Que se possão imprimir 6 de março de 1680, Estão conformes com o original 5-12-1681. Podem correr 6-12-1681, Aprovações de Fray Alonso Salizanes de 12-11-1668, do Padre Mestre Andres Mendo da Companhia de Jesus de 29-10-1666, Fr. Diego da Silva de 15-12-1666, D. Muiguel de Escartin, Bispo de Tarazona de 6-5-1667, Protestação de Fray José Ximenez Samaniego, aprovação do ordinário e resumo do privilégio, Índice dos livros e capítulos, índice dos lugares da Sagrada Escritura. As páginas numeradas de i a lxxj contêm o Prologo de Fray José Ximenez Samaniego, de lxxii a clxxvi, a Relação da Vida da Venerável Madre Sor Maria de Jesus. 1 a 235 texto a duas colunas, 236 em branco 237 a 340 notas a duas colunas e nas páginas sem numeração o Índice das coisas mais notáveis.

O 2º volume contém, nas folhas iniciais, Índice dos livros e capítulos, índice dos lugares da Sagrada Escritura, de páginas 553 a 592 notas a duas colunas e nas páginas sem numeração índice das coisas mais notáveis.

O 3º volume contém nas páginas preliminares o índice dos livros e capítulos, índice dos lugares da Sagrada Escritura, de 287 a 310 contém notas a duas colunas e nas páginas finais o Índice das coisas mais notáveis.

Magnífica edição da  obra mais notável do período final, no Século XVII, da mística espanhola, vivência religiosa que perdominou entre 1485 e 1750. Esteve envolvida em polémicas (certos passos foram vistos como pornográficos) foi denunciada á Inquisição Espanhola em 1672, sofreu condenações da Inquisição Romana, da Universidade da Sorbonne, ambas em 1696 e foi incluida no Índex Romano de livros proíbidos de 1713.

Esta obra, apesar das referidas incompreensões, conta hoje centenas de edições, traduções e versões resumidas, sendo considerada um dos grandes tratados de mariologia.    

A autora, de seu nome Maria Coronel y Arana, (Agreda, Soria 1602 - 1665) era de origens humildes sendo considerado um milagre o facto de ter escrito uma obra tão extraordinária. É autora de cartas notáveis ao Rei Filipe IV, de quem foi, conselheira espiritual e de tratados religiosos.   

 3 Volumes. 35,2x22,6 cm. [xxvi], clxxviii, 340, [xx]; [xviii], 592, xxiv; [viii], 310, [xxii] pgs.

Binding: Contemporary full calf, with raised bands and gilt at spine, bit worn out with some loose leather on the out margins of the boards of the 1st and 2nd volume. Red edges.

Illustrated with 93 engravings, including a frontispiece, a portrait of the author and scenes of the lives of Jesus Christ and of the Virgin Mary. Part of the engravings were drawn by Joannes Stardanus, and some by M. de Voos, etched by Adrien Collaert e printed by Joannes Galle. There is also a significant number of unsigned engravings. This copy has more 20 engravings then the ones described in the bibliography.

Magnificent edition of the most remarkable work of the final period of the Spanish mysticism of the 17th century, which was involved in controversies (certain parts were seen as pornographic), denounced to the Spanish Inquisition in 1672, condemned by the Roman Inquisition and by the University of the Sorbonne, both in 1696 and was included in the Roman Index of Prohibited Books of 1713.

The author, Maria Coronel y Arana, was of humble origins and it was considered a miracle to write such an extraordinary work. She is the author of remarkable letters to King Philip IV, of whom she was, spiritual counsellor.

Palau, Tomo I, p. 93, nº 3222.

Fontainas. Impressions Espagnoles des Pays-Bas. 1933. Nº 16 (73 Grav.)

Andres Melquíades. Historia de la Mística de la Edad de Oro en España y America. BAC. 1994

Referência: 1708PG073
Local: M-4-A-19


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters