RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



RITVALE ROMANVM

PAVLI V. PONT. MAX. JVSSV EDITVM, AD USUM ECCLESIARUM LVSITANIAE. [Vinheta da Companhia de Jesus]. CUM FACULTATE SANCTAE INQUISITIONIS, ORDINARII, ET REGIS. In Typographia Eborensis Academiae. Anno Domini. M. DC. LXXII. [Évora, Portugal, 1672].

In 4º de 20x14,5 cm. com [viii], 171, [i], 96 págs.

Encadernação da época em pergaminho flexível, com o título manuscrito na lombada.

Ilustrado com uma gravura enquadrada por vinhetas tipográficas, na folha de rosto, com o monograma do nome de Jesus sobre um sol resplandecente muito usado pela Companhia de Jesus nas suas publicações, que neste livro aparece ladeado pelos apóstolos São Pedro e São Paulo, cujas imagens servem para atestar que as regras contidas neste ritual estão de acordo com os ensinamentos de Cristo. No mesmo sentido de garantir a autoridade do texto a folha de rosto inclui igualmente a referência, em grandes caracteres itálicos, que a obra tem licença da Inquisição, do Bispo Local e do Rei.   

Impressão, sobre papel de linho alvo e sonante, muito nítida a preto e vermelho, com finos caracteres itálicos, que são usados na dedicatória, nas páginas 1-8, 15-17, 41-42, 44-45, 51-53 e 59 e com belos caracteres redondos no resto do livro. O texto apresenta-se ornamentado por cabeções compostos por pequenas vinhetas, capitulares decoradas a preto e vermelho e um magnífico florão de remate a vermelho no fim do índice. O ofício de defuntos, que ocupa as 96 páginas finais está impresso com elegantes caracteres redondos de maior dimensão.  

A obra contém pautas com a música das antífonas, salmos e hinos cantados durante as cerimónias religiosas, que estão impressas a preto e vermelho.  

Exemplar muito limpo com apresentação tipográfica de grande beleza de um livro muito raro, impresso na Tipografia da Universidade de Évora. As obras publicadas por esta tipografia da Companhia de Jesus, que dirigia a Universidade são todas cuidadosamente impressas e muito raras. 

As folhas preliminares contêm as licenças, a dedicatória de Luís Dias a D. Francisco Barreto, 41º  Bispo do Algarve, entre 1671 e 1679 e o índice.     

Reedição melhorada da 1ª edição publicada em Lisboa por Pedro Crasbeeck em 1617 durante o pontificado de Paulo V, que decorreu de 1605 a 1621. 

Obra muito importante para o estudo do funcionamento da Igreja Católica e da espiritualidade e liturgia do período da chamada Contra Reforma, em que foram implementadas as reformas do Concílio de Trento. É igualmente importante por conter valiosos elementos para o estudo da aplicação e da vivência dessas reformas, em Portugal e especificamente na Diocese de Évora. 

O Ritual Romano para uso da Igreja de Portugal, contém explicações sobre os fundamentos teológicos de cada um dos sacramentos e cerimónias, a regras para a respectiva realização, os textos que deviam ser lidos, os cânticos que as deviam acompanhar e os paramentos que deviam ser utilizados em cada uma delas, pelos diáconos, presbíteros, bispos e cardeais que presidiam e oficiavam. 

Assim esta obra estabelece os modos de administração do baptismo a crianças, a adultos em diversas circunstâncias, a absolvição de pecados e de excomungados vivos e já falecidos, do casamento, da comunhão dos doentes, da adminsitração da extrema unção, das orações pelas almas dos falecidos, determina a quem deve ser negado o enterro eclesiástico, o modo de celebrar os funerais de crianças segundo o costume da Diocese de Évora, as cerimónias de benção da primeira pedra das igrejas e das novas igrejas e oratórios públicos, assim como dos locais de inumação dos cadáveres.

Contém também regras para a benção de animais domésticos e agrícolas, dos campos, da água e a maneira de realizar exorcismos de possuídos pelo demónio segundo a fórmula de Santo Ambrósio, Bispo de Milão assim como as cerimónias para a recepção dos legados papais e dos bispos quando visitam as paróquias. 

No fim, com paginação separada contém um pormenorizado conjunto de regras para realizar o ofício de defuntos acompanhadas de um rico acervo de pautas musicais dos cânticos nele executados.   

Arouca, R 509. 

 In 4º. 20x14.5 cm. [viii], 171, [i], 96 pp.

Binding: Contemporary flexible parchment, with handwritten title on spine.

Illustrated with an engraving framed by typographic vignettes on the title page, with the monogram of Jesus over a bright sun, which was frequently used by the Company of Jesus in their editions. Jesus appears surrounded by St. Peter and St. Paul, attesting that the rules in this Ritual is in accordance to the teachings of Christ. The title page also includes the reference, in italic, that this work is licenced by the Inquisition, the local Bishop and the King.

Printed on white and crisp linen paper, in black and white, using italic characters in de dedication and some other pages, with the rest of the text in round characters. The text is topped by small vignettes, and capital letters decorated in red and white. A beautiful fleuron is printed at the end of the index.

This work contains music scores of the antiphons, psalms, and hymns to be chanted at the religious ceremonies.

A very important work for the study of the functioning of the Catholic Church, and of the spirituality and liturgy of the Counter Reformation period, during which the reforms of the Council of Trento were implemented.   

 

Referência: 1710JC026
Local: M-7-C-30


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters