RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



BARATA. (António Francisco) A MONJA DE CISTER.

Chronica Eborense. De 1369 a 1385. Por ... (Socio de algumas corporações litterarias) Barata & Sanches. Lisboa. 1895. De 18,5x13 cm. com 261, [xi] págs. Encadernação do editor em tela com ferros a ouro nas pastas e na lombada. Ilustrado em extratexto com 4 estampas sobre papel couché. 

Contém dedicatória impressa a D. Inácia Angélica Fernandes Ramalho de Barahona, anteloquio, a crónica, notas, glossário, índice, colocação das gravuras, errata e colofon. 

O autor explica: «Mais chronica do que novella este livro é uma imitação do Monge de Cister, do austero Alexandre Herculano, não só no título, como no entrecho simples, sem emmaranhados lances de phantasia. Nelle se estuda o passado de Portugal nos costumes sociaes, na indumaria, na linguagem ...».   

Para escrever esta obra o autor baseou-se  um pergaminho do Século XV, relativo à Abadessa de S. Bento de Castris, D. Joana Peres Ferreirim, que foi morta em 1384 durante os conflitos sociais da chamada revolução de 1385. 

Referência: 1801PG022
Local: 9-23-F-54


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters