RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



GONTA COLAÇO. (Branca de) HORA DA SÉSTA. (VERSOS).

Tipografia A Editora. Lisboa. !918.

De 19,5x13 cm. com 74 págs. Brochado. Cuidada impressão sobre papel de linho muito encorpado com o título, na capa de brochura e na folha de rosto impressos a vermelho, asssim como a primeira poesia na página 7.

Exemplar por abrir com assinaturas de posse na capa de brochura, datada de 1919, na margem da página 11 e com os títulos das poesias de página 43 e 51 sublinhado a tinta coeva.

1ª Edição do 3º livro de poesia da autora, que é uma recolha de 42 poesias sobre temas variados incluindo muitos sonetos, tercetos, quadras decassílabas, quadras populares e uma poesia para ser recitada ao som do Nocturno de Borodin. Duas das poesias foram escritas com a colaboração do filho da autora, Tomás Ribeiro Colaço.

Branca Eva de Gonta Syder Ribeiro Colaço (Lisboa 1860 - 1945) era filha do poeta e político Tomás Ribeiro e da poetisa Ann Charlotte Syder. Foi escritora, investigadora, conferencista, recitalista e linguista. É autora de poesia, teatro, história, memórias e de inúmeros artigos e poesias dispersos por publicações periódicas da época.  

Referência: 1802PG083
Local: 9-26-C-9


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters