RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



FONSECA. (Francisco da) EVORA GLORIOSA EPILOGO Dos quatro Tomos da Evora Illustrada

que compoz o R. P. M. Manoel Fialho da Companhia de JESU. Escrita, acrecentada, e amplificada pello P. Francisco da Fonseca da Mesma Companhia. DEDICADA Ao Eminentíssimo, e Reverendíssimo Senhor ÁLVARO DO TITULO DE S. BARTHOLOMEO IN INSULA CARDEAL CIENFUEGOS Comprotector da Germânia, Arcebispo, e Senhor de Moreal, Conselheyro de Estado de S. M. C. e C, e seo Plenipotenciário à Santa Sè Apostólica. ROMA. Na Officina Komarekiana. Anno MDCCXXVIII. [1728]

In fólio (29,5x20,5 cm) om [xii], 444 pags.

Encadernação tardia do século xix inteira de pele com ferros a ouro na lombada.

Inocêncio II, 376. 'P. FRANCISCO DA FONSECA, Jesuita, cuja roupeta vestiu a 11 de Julho de 1686. Depois de ter sido Mestre de humanidades no collegio do Funchal, acompanhou em 1708 na qualidade de confessor a Fernando Telles da Silva, conde de Villar-maior, quando foi por embaixador á côrte de Vienna para concluir os desposorios d'elrei D. João V com a rainha D. Maria Anna d'Austria. Voltou depois á mesma corte em 1715, com o P. Alvaro Cienfuegos, depois cardeal, e acompanhou-o a Roma, onde assistiu com elle por alguns annos, tractando tambem de negocios que de Portugal lhe foram commettidos, como procurador geral das missões do Oriente. - Foi natural d'Evora, onde nasceu a 12 de Outubro de 1668, e m. em Roma a 3 de Maio de 1738. Evora gloriosa: Epilogo dos quatro tomos da «Evora illustrada» que compôz o R. P. Manuel Fialho, da Companhia de Jesus, accrescentada e amplificada etc. Roma, na Offic. Komarekiana 1728. fol. de XII-444 pag. Falando d'esta obra o sr. conselheiro J. Silvestre Ribeiro na sua Resenha da Litter. Portugueza, pag. 26, lhe chama: «composição, a que presidiu um admiravel espirito de ordem, tornando a sua disposição sobremaneira methodica, regular e clara.» É estimada, e vai tornando-se rara. O seu preço era ainda ha annos de 1:440 réis, e tanto paguei pelo exemplar que possuo. Depois constou-me que alguns exemplares se venderam a 1:920 réis, e cuido ser este o valor que ainda tem, se comtudo augmentar a escassez, como é de esperar, poderá subir a 2:400 réis, e talvez mais. De um exemplar sei eu, que custou ao seu possuidor, haverá tres annos, não menos de 14:400 réis, prevalecendo-se quem lh'o vendeu da necessidade do momento, e da falta d'elles no mercado.'

Referência: 0903NM315
Local: M-4-B-25


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters