RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



AZEREDO PERDIGÃO. (José de) CALOUSTE GULBENKIAN COLECCIONADOR.

Por… Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa. 1969.

De 29x22 cm. Com 237, [ix] págs. 

Encadernação do editor com sobrecapa em plástico transparente. Impresso sobre papel couché.

Profusamente ilustrado com fotografias de obras de arte realizadas por Mário Novais, Abreu Nunes, Mário de Oliveira, Salomão Eurico Pontes e pertencentes ao arquivo do Museu C. Gulbenkian.

Obra com desenho e orientação gráfica de Sebastião Rodrigues, que homenageia Calouste Gulbenkian, na sua faceta de coleccionador de arte.

Contém, um depoimento de Kevork Essayan, em francês, uma introdução de Azeredo Perdição, que escreve e organiza também em quatorze capítulos, as suas recordações do homenageado, os seus diversos interesses como coleccionador, as suas viagens, a descrição das suas aquisições, os diversos locais onde estiveram instaladas as colecções, a decisão de se instalar em Portugal e os procedimentos que foram realizados para concretizar essa decisão.

Calouste Sarkis Gulbenkian (Scutari, Istambul 1869 - Lisboa 1955) foi um notável homem de negócios de origem arménia, que reuniu uma valiosa colecção de obras de arte. Com a preocupação de preservar as suas colecções decidiu criar uma fundação com o seu nome e tendo como recursos os rendimentos da exploração petrolífera, com sede em Lisboa, cidade onde se instalou em Abril de 1942, que o fascinou pela sua beleza, vida quotidiana pacífica e estabilidade política.

Referência: 0908NM094
Local: I-17-B-19


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters