RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



PALMA-FERREIRA. (João) DIÁRIO 1962-1972.

Arcádia. Lisboa. 1972. De 19x14 cm. Com 306 pags. Encadernação do editor com sobrecapa de protecção.

Palma Ferreira (1931-1989) historiador e crítico literário, ficcionista, tradutor, ensaísta e publicista entrou na vida literária pela porta da crítica, a mesma por onde haveria de sair, trinta e cinco anos mais tarde. O autor foi professor de liceu; leitor de português na Universidade de Salamanca e depois professor Faculdade de Filosofia e Letras; professor da Universidade Nova de Lisboa; director do Centro de Coordenação e Planeamento Culturais da Secretaria de Estado da Cultura; conselheiro cultural da Embaixada de Portugal em Madrid; membro permanente da Associação Internacional de Críticos Literários, sócio fundador da Associação Portuguesa de Escritores; conferencista em diversos centros universitários europeus e chefiou várias delegações portuguesas em reuniões internacionais patrocinadas pelo Conselho da Europa; dirigiu a Biblioteca Nacional (1980-1983, etc.

Referência: 0912JC123
Local: 4-4-G-19


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters