RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



GOUVEIA. (António de) COMENTÁRIO SOBRE AS CONCLUSÕES E EM DEFESA DE ARISTÓTELES CONTRA AS CALÚNIAS DE PEDRO RAMO.

Estabelecimento do texto e tradução de Miguel Pinto de Meneses. Introdução de A. Moreira de Sá. Lisboa. 1966. Instituto de Alta Cultura. Centro de Estudos de Psicologia e de História da Filosofia anexo á Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Lisboa. 1966.

De 24x17 cm. Com 205 págs. Brochado.

António Gouveia (Portugal, 1510 - Turim, 1566), humanista, filósofo e jurista, estudou no Colégio de Santa Bárbara em Paris entre 1527 e 1534, onde regressou, após uma pausa de sete anos, para concluir o curso de Filosofia. Em 1543 entra em conflito directo com Pierre de La Ramée, que se opõe à teoria aristotélica, escrevendo De conclusionibus commentarius [Comentários sobre as conclusões]. La Ramée responde com dois outros escritos em Setembro desse ano, aos quais Gouveia responde em Novembro com a publicação de Pro Aristotelio responsio adversus Pietri Rami calumnias [Em defesa de Aristóteles contra as calúnias de Pedro Ramo].

Estes dois documentos, aqui traduzidos, são um contributo valioso para o estudo da filosofia e da história do Aristotelismo.

Referência: 1108IM037
Local: I-5-C-27


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters