RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SMITH. (Robert C.) FREI JOSÉ DE SANTO ANTÓNIO FERREIRA VILAÇA.

Escultor beneditino do século XVIII. Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa. 1972.

2 volumes. De 31x23 cm. Com 771 pags.

Encadernações editoriais com sobrecapas de protecção.

Profusamente ilustrado em extra-texto com fotogravuras dos panoramas gerais e particulares, dos exteriores e dos interiores de monumentos religiosos do norte de Portugal.

Obra com o levantamento da vasta produção artística que um monge beneditino do século XVIII deixou nas igrejas do Minho, e cuja autoria tinha ficado totalmente desconhecida; e também a história de um movimento artístico que se desenvolveu em meados de setecentos à volta de um grande arquitecto de Braga, o qual representa uma das mais belas páginas da história da arte portuguesa.

 

Referência: 1201JC110
Local: I-19-C-17


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express

SERVIÇOS

Avaliações e Compra


Organização de Arquivos


Pesquisa Bibliográfica


A SUA ENCOMENDA

Ver

Encomendar


Valor: €0

Temáticas


Índice Geral / All Categories

Livros Raros / Rare Books

free counters