RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SÁ, Diogo de. De Nauigatione LIBRI TRES Quibus Mathematicae disciplinae explicantur

ab Iacobo à Saa Equite Lusitano nuper in lucem editij. PARISIIS. Ex officina Reginaldi Calderij, & Claudij eius filij. 1549. Cum priuilegio Regis.

In 8º (17x11 cm) com 106 fólios.

Encadernação da época em pergaminho flexível com atilhos.

Ilustrado no texto com a figura de um quadrante (com um horizonte e ponteiro móvel, tipo pop-up) para leitura da elevação da estrela polar, figuras geométricas para o estudo da esfera terrestre e um diagrama de dimensões. Caracter móvel no verso do fólio 98.

Magnífico frontispício decorativo com os mesmos motivos alegóricos do exemplar presente na Biblioteca da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, excepto tratar-se da variante encimada pelas armas do rei de França (versão da FCUP encimada com as armas do rei de Portugal).

Ester exemplar da FCUP possui ex-libris da biblioteca dos condes de Azevedo e Samodães, embora a obra não conste no catálogo do respetivo leilão e se encontra-se disponível para consulta digital no site da Biblioteca da FCUP.

Após comparação, concluímos que existem pelo menos duas tiragens, uma com escudo de armas da Casa Real portuguesa na folha de rosto gravada e a outra com o brasão da Casa Real francesa na folha de rosto gravada, sendo as duas gravuras similares. De resto, as duas versões parecem ser a mesma edição, excepto no caso da variante com o brasão francês, que apresenta dois erros de numeração nos fólios 53 e 55 o que não acontece na variante com o brasão português.

[EN] 

In 8º (17x11 cm). 106 folios.

Binding: Contemporary flexible parchment with strands of leather clasps.

Illustrated in text with an astrolabe (with the horizon and a movable handle, like a modern pop-up) to read the height of the terrestrial globe, and also a dimension diagram.

Magnificent decorative frontispiece with the same allegoric motifs of the copy in the Library of the Science College of the Oporto University (FCUP), except that our copy presents the coat of arms of the King of France, while the FCUP’s copy has the coat of arms of the King of Portugal.

The FCUP’s copy presents an ex-libris of the Counts of Azevedo e Samudães’ Library and is available online for consultation.

We concluded that there are at least two different variants, one bearing the Royal Portuguese Coat of Arms in the woodcut frontispiece, and the other with the Royal French Coat of Arms, being both images quite similar. Both variations seem to be from the same edition, except for the “French” variant presenting two collation errors in folios 53 and 55, which don’t occur in the “Portuguese” variant.

 

Referências/References:

Barbosa Machado I, 693: 'DIOGO DE SAÁ taõ illustre por nascimento, como insigne nas Faculdades da Theologia, Jurisprudencia, e Mathematica, e ainda muito mais pelas acçoens militares, que obrou o seu valeroso braço em todo o Oriente no dilatado espaço de doze annos. Ao seu intrepido valor he acredora a memoravel victoria, que em Chaul no anno de 1528. alcançaraõ vinte Galeotas Portuguezas de setenta e tres Paraos de Cambaya sendo elle o que alcançou o premio proposto pelo nosso General ao primeiro que investisse aos inimigos. Com a morte que a sua triunfante espada deu no 1. de Abril de 1529. ao General Alixà que governava dez mil combatentes em a Praça de Baçaim facilitou a sua conquista com o desigual numero de trezentos Portuguezes. Neste anno foy deputado para celebrar pazes com elRey de Adem, de cujas condiçoens se seguiraõ grandes conveniencias ao Estado. Ainda na Ilha de Beth chamada dos Mortos pelos innumeraveis que o ferro Portuguez sacrificou a 2. de Fevereiro de 1531. à sua vingança, permanecem as memorias do seu magnanimo coraçaõ. Por sua industria foraõ em Choromandel abrazadas duas Cidades, e rendidas doze Náos de Mouros que infestavaõ os nossos portos.

Este continuado exercicio da guerra lhe naõ interrompeo o comercio das letras de que era insigne professor unindo na sua pessoa Marte com Apolo, e Bellona com Minerva. Foy profundo Jurisconsulto, e muito perito nas disciplinas Mathematicas, principalmente em a Nautica, de cuja sciencia lhe ensinou muitos segredos a experiencia.

Teve de sua consorte descendencia, que naõ degenerou de seu natural valor, a qual deixou abundante dos bens da fortuna, que com elle largamente repartira. Fazem illustre memoria do seu nome Joan. Soar. de Brit. Theatr. Lusit. Litterat. Lit. J. n. 2. ex familia praeclara, et vetusta miles egregius, et quod rarum est, in omni praeterea Litterarum genere instructus. Joaõ Pinto Ribeiro Prefer. Das letr. as Arm. Valer. And. Taxand. de clar. Hisp. Script. Draud in Bib. classic. Ant. De Leaõ Bib. Naut. Tit. 3. Georg. Math. Konig. Bib. Vet. & Nov. pag. 693. 711. col. 2. Leytaõ Not. Chronol.. da Universid. de Coimbra pag. 508. n. 1092. Compoz. De Navigatione libri tres. Parisiis apud Raynaldum Calderium. 1549. 8. Escreveo este tratado contra Pedro Nunes insigne Mathematico como declara na Dedicatoria a ElRey D. Joaõ o III.:

«Ego quum litteris magis quam hi operam dederim, quippe experientia suffultus jure optimo, in navigantium albo connumerari possum, quod totum fere vitae tempus hac in re consumpserim, duos tractatus Petri Nonii Doctoris confutare apud me decrevi. Quorum alter de quadam interrogatione est, super qua interrogatus fuit: alter veró de Hydographia».

Leite de Faria 455. Duarte de Sousa 1, 67. Fontoura da Costa, Bibliografia Náutica Portuguesa até 1700, nº 188 A. Cat. Reser. Da Biblio. Geral da Universidade de Coimbra, n.º 2147.

 

 

Referência: 1303JC021
Local: M-11-C-10


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters