RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS, QUADRO A ÓLEO PINTADO SOBRE MADEIRA.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SOUSA E SAMPAIO, Francisco Coelho de. PRELECÇÕES DE DIREITO PATRIO PUBLICO, E PARTICULAR

OFFERECIDAS AO SERENISSIMO SENHOR D. JOAÕ PRINCIPE DO BRASIL, E COMPOSTAS PR FRANCISCO COELHO DE SOUZA E S. PAIO Desembargador da Relaçaõ do Porto, e Lente Proprietario de Historia de Direito Romano e Patrio em a Universidade de Coimbra. PRIMEIRA E SEGUNDA PARTE. Em que se tracta das Noções preliminares, e do Direito Publico Portuguez. COIMBRA: NA REAL IMPRENSA DA UNIVERSIDADE. ANNO DE CIC. ICCC. LXXXXXIII. [1793]. Seguido de: Idem, TERCEIRA PARTE. Em que se trata do Livro segundo das Ord. Filippinas pelo methodo synthetico compendioso demonstrativo. COIMBRA: NA REAL IMPRENSA DA UNIVERSIDADE. ANNO DE CIC. ICCC. LXXXXXIV. [1794].

Obra em 3 partes em 1 volume. In 4º (de 21x14 cm) com xiv, 202, xv, 202 pags.

Encadernação da época inteira de pele com ferros a ouro na lombada.

Ilustrado no anterrosto com uma gravura de D. João VI Príncipe do Brasil; e com página de rosto própria na Terceira Parte.

Exemplar com carimbos de posse (obliterados) na folha de rosto, encontrando-se ilegíveis.

Inocêncio II, 366: “Francisco Coelho de Sousa e Sampaio, Cavaleiro da Ordem de Cristo, Doutor na Faculdade de Leis, e Lente da cadeira da Historia do Direito romano e pátrio na Universidade de Coimbra, e depois Desembargador da Relação do Porto e Juiz dos Feitos da Coroa e Fazenda, etc. Das investigações a que procedeu a meu rogo no arquivo da Universidade o rev.do Prior Manuel da Cruz Pereira Coutinho, resultou verificar se que o nome dele não existe nos livros de matrícula posteriores a reforma de 1772; coligindo se d"aí que se matriculou, e doutorou anteriormente aquele ano. Morreu em Lisboa, na freguesia de Santa Isabel (segundo creio), entre 1820 e 1823, sendo já octogenário, ou pouco menos. Prelecções do Direito Patrio, publico e particular, offerecidas eo serenissimo senhor D. João Principe do Brasil. Primeira e segunda parte, em que se tracta das Nocões preliminares e do Direito Publico Portuguez. Coimbra, na Real Imp. da Universidadc 1793. 4.º de XIV 202 pag. Terceira parte. Em que se tracta do livro II das Ordenações Filippinas pelo methodo synthetico compendioso demonstrativo. Coimbra, mesma Typ. 1794. 4.º de XVI 202 pag.

Esta obra, que o autor escreveu para servir de compendio na cadeira que regia, é ainda útil para a historia do nosso direito pátrio. Ao menos assim o afirma o Sr. Dr. Abranches na sua Bibl. do Advogado".

Referência: 1309JC091
Local: M-9-B-40


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters