RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



BARROS. (Henrique de) e Fernando Ferreira da Costa. ANTÓNIO SÉRGIO: UMA NOBRE UTOPIA.

Cadernos «O Jornal». Lisboa. 1983.

De 24x17 cm. com 83 páginas. Brochado.

Exemplar com título de posse sobre a folha de rosto.

"Os autores deste singelo ensaio, irmanados na sua devoção à memória de António Sérgio, com o qual os dois tiveram a sorte de privar, e um e outro adeptos do ânimo crítico não negativista que o Mestre lhes inculcou, foram ambos convidados a colaborar no número especial que a "Revista de História das Ideias", da Faculdade de Letras de Coimbra, dedica a Sérgio. Contribuiu o primeiro com um texto de 25 páginas, com índole memorialista, a que deu o título Três nobres vectores da utopia sergiana, e o segundo com um artigo de 15 páginas O pensamento cooperativo de António Sérgio e as correntes cooperativas francesas, um e outro trabalhos sem outras pretensões que não fossem as de informar, levantar hipóteses, tentar interpretações, esboçar soluções, seguindo o modelo mental proposto por Sérgio o qual, embora se tenha confessado racionalista não-marxista, prosseguiu sempre um pensamento crítico dialéctico. (...)"

Referência: 1404FC015
Local: I-44-H-9


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express

SERVIÇOS

Avaliações e Compra


Organização de Arquivos


Pesquisa Bibliográfica


A SUA ENCOMENDA

Ver

Encomendar


Valor: €0

Temáticas


Índice Geral / All Categories

Livros Raros / Rare Books

free counters