RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



FOTOGRAFIAS – CRUZADOR S. GABRIEL – 1910.

Álbum com 11 fotografias (provas fotográficas), provenientes do acervo documental do contra-almirante Benjamin de Paiva Curado (1866-1929). São Francisco, EUA, e Hong Kong. 1910.

Conjunto composto por: 1) Postal 8,5x12 cm. do cruzador datado de 22-9-1910 com missiva dirigida ao imediato de um outro navio pedindo o acesso a um camarote. Fotografia antiga do cruzador antes da sua reconversão para a viagem de circumnavegação. 2) fotografia 8,5x13,5 cm. impressa numa base de postal de origem americana; com o retrato informal de 5 elementos da tripulação na popa do navio, junto à bandeira da Monarquia, encontrando-se ao centro o Comandante Pinto Basto; dirigida após processada ao Engenheiro Chefe do cruzador vindo da parte de Anita Smith. 3) Magnífica prova fotográfica 12x9 cm. com a fotografia a corpo inteiro (possivelmente retratando o Engenheiro Chefe) na vante do navio junto à culatra da peça 150 mm, datada de 28 de Abril de 1910. 4) Fotografia informal (9,5x11,5 cm) de grupo de oficiais do cruzador, no convés do mesmo, em São Francisco, datada de 28 de Abril de 1910, apresentando o anterior oficial sublinhado (Engenheiro Chefe?). Esta foto encontra-se repetida com 3 exemplares. 5) Fotografia (prova fotográfica de 4,5x7 cm) do cruzador ancorado (durante a viagem de circum-navegação?). 6) Grupo de oficiais do cruzador tirada no Idira Park, em Oakland, Califórnia, no dia 26 de Abril de 1910, com o Comandante Pinto Basto ao centro. 7) e 8) 2 provas fotográficas 12x10 cm com um oficial de marinha apresentando-se com, e sem, cobertura. 9) Fotografia de estúdio do Cabo-de-Mar Joaquim Bernardo de Souza Lobo, em uniforme e muito medalhado, datada da Nazaré em 16 de Outubro de 1926; com dedicatória do mesmo ao Comandante Paiva Curado (Comandante do Cruzador S. Gabriel em data posterior à viagem de circum-navegação).

O Cabo-de-Mar Souza Lobo nasceu em Ílhavo a 15 de Fevereiro e aos 12 anos embarcou para o Brasil; foi aos Bancos da Terra Nova à pesca do bacalhau; e depois instalou-se na Nazaré onde constituiu família, sendo Cabo-de-Mar mais de 20 anos, e gozando das gerais simpatias. Foi condecorado com o grau de Cavaleiro da Torre a Espada, e com medalhas de ouro, prata, cobre, e diplomas de louvor. A Torre e Espada foi-lhe entregue com toda a solenidade no dia 1 de Janeiro de 1907.

O Cruzador S. Gabriel foi um navio encomendado aos estaleiros franceses de Le Havre no âmbito do programa de reequipamento da Marinha Portuguesa, da transição do século XIX para o século XX. Pertenceu aos navios do tipo cruzador protegido de 3ª classe. Foram os primeiros navios portugueses a terem instalado um sistema de comunicações TSF. Entre os anos de 1909 e 1910, o São Gabriel foi o primeiro navio moderno português a efectuar uma viagem de circum-navegação. Uma das escalas dessa circum-navegação foram S. Francisco, e as ilhas do Havaí, onde a tripulação teve uma magnífica recepção por parte da grande comunidade Portuguesa aí residente. Em 5 de Outubro de 1910 - na Implantação da República - o cruzador encontrava-se ancorado na Baía de Manila, nas Filipinas, junto à frota de guerra americana. O Cruzador São Gabriel manteve-se em serviço até 1924.

Referência: 1506JC029
Local: FR-5-C-28


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters