RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SACRAMENTO, Frei Valério do. THESOURO SERAPHICO

DESCOBERTO NO CAMPO DO Evangelho pelo Patriarcha dos Pobres N. P. S. Francisco, Expostos Aos seus filhos por um deles o menor Fr. Valerio do Sacramento, Filho da Provincia de Santo Antonio de Portugal, Diffinidor habitual, Qualificador do Santo Officio, & Padre da Immaculada Conceiçaõ do Brasil. DIVIDIDO EM TRES PARTES, NA PRIMEIRA SE TRATA DA REGRA Minorítica, e seus preceitos em comum: Na Segunda, dos preceitos em Particular; E na terceira, dos casos reservados na Ordem. No fim se accrescenta um Directorio para os Noviços OFFERECIDO A N. SERAPHICO P. S. FRANCISCO. COIMBRA : No REAL COLLEGIO DAS ARTES DA COMPANHIA DE JESU, Anno de 1735.

In 4º (de 19,5x14 cm) com [31], 300, 103 pags.

Encadernação da época inteira de pele com ferros a ouro na lombada e nervos.

Ilustrado com vinhetas e tarjas tipográficas.

Exemplar com leves vestígios de humidade e trabalhos de traça marginais.

1ª edição.

A obra Tesouro Seráfico é um vade mecum dos assuntos da vida quotidiana dos Frades Menores, com as explicações de tudo aquilo que estes podiam e deviam fazer, segundo as normas franciscanas e os comentários dos doutores da Igreja e dos Papas. O texto encontra-se organizado em perguntas e respostas, sem recurso à exposição do texto original das normas completas, e em linguagem simples e directa para o entendimento dos religiosos desta ordem que em geral não eram letrados.

Aborda todo o género de questões, p. ex., que tipo de pano é que os frades usam no seu hábito, quem o autoriza e com que autoridade (pag.86) sendo as irregularidades sujeitas a excomunhão; quem pode e deve prégar (pags. 190-222); quem é professo e é descendente de judeus poderá fazer profissão válida? (pag. 67); peca contra a Regra o frade menor que se aplica aos estudos ((p. 212), no entanto os frades menores não estavam obrigados a trabalhar corporalmente (p.133); as dificuldades impostas por esta ordem para os frades menores passarem ao estado de bispos (p. 74); proibição dos frades terem escravos (p. 218); as formas como os frades podem, ou não podem, recorrer à pecunia e como devem tratar com o dinheiro (p. 33 e 103); de como devem os frades distribuir os seus bens quando entram na ordem (p.47); os votos de pobreza (p. 139); as questões da apropriação, compra, venda e penhor de bens por parte dos frades menores (p. 148); etc.

Barbosa Machado, 3, 771;

Borba de Morais (Bibliogr. Bras. 2, 7619 refere a 2ª edição, de 1755)

BNP tem apenas 1 exemplar nos reservados.

Inocêncio 19, 315: «FR. VALLERIO DO SACRAMENTO, da provincia de Santo Antonio de Portugal, definidor habitual, qualificador do Santo Officio e padre da provincia da Immaculada Conceição do Brasil. - E. 308) Thesouro serafico descoberto no campo do Evangelho pelo patriarchados pobres N. P. S. Francisco, exposto aos seus filhos por um d'elles, o menor. Coimbra, no Real collegio das artes da Companhia de Jesus, 1735. 4.º de 300 pag - Segueselhe: Directorio dos noviços pelo mesmo. Ibi 4º de 103 pag».

 

Referência: 1607JC008
Local: M-5-B-31


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express

SERVIÇOS

Avaliações e Compra


Organização de Arquivos


Pesquisa Bibliográfica


A SUA ENCOMENDA

Ver

Encomendar


Valor: €0

Temáticas


Índice Geral / All Categories

Livros Raros / Rare Books

free counters