RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



CASTRO LOPO. (Júlio de) PARA A HISTÓRIA DO JORNALISMO DE ANGOLA.

Edição do Museu de Angola. Luanda. 1952. De 27x18,5 cm. com 30, [ii] págs. Brochado.

Ilustrado com reproduções das primeiras páginas de jornais de Angola, uma delas desdobrável e com retratos de jornalistas. Separata dos «Arquivos de Angola».

Conferência proferida em Luanda, no salão de festas do Rádio Clube de Angola, em 1 de Setembro de 1951, a convite do Departamento Cultural da Associação dos Naturais de Angola.

Valioso contributo para o estudo de uma realidade pouco conhecida.

Divide a história do jornalismo angolano em três fases cada uma delas com início em 1845, 1866 e 1923. Com nota biográfica de António Urbano Monteiro de Castro, pioneiro do jornalismo em Angola. 

Júlio de Castro Lopo, (Valpaços 1899-1971) jornalista e historiador, viveu mais de 50 anos em Angola e publicou grande quantidade de estudos e artigos científicos, sobre os mais variados aspectos da história dessa província ultramarina.

Referência: 1701PG026
Local: I-6-D-175


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters