RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SAMANIEGO. (Félix María de) FABULAS

de … adornadas com ciento cincuenta y ocho viñetas. Librería de la Sra. Viuda de Calleja é hijos. 1841.

De 25x17 cm. com 304 págs.

Encadernação da época com lombada em pele com ferros gravados a ouro e a seco.

Ilustrado no texto. Livro que além das 158 vinhetas anunciadas na folha de rosto contém numerosos florões de remate e iniciais decoradas.

Texto impresso com grande nitidez sobre papel muito alvo.

Exemplar com carimbos de posse do Consultorio dentário Garcia de Andrade da cidade de Bragança, nas páginas iniciais e finais.

A 1ª edição das fábulas data de Valencia 1781. É um clássico da poesia didáctica e moralista pela sua originalidade e humor despretensioso.

Félix María Serafín Sánchez de Samaniego Zabala (Laguardia, Álava 1745 – 1801) viveu sempre no país Basco, na sua cidade natal e em Vergara junto do seu tio avô o Conde de Floridablanca. Escreveu as 157 fábulas para a instrução dos membros da Sociedade Vasca de Amigos do País.

Referência: 1706PG022
Local: FR-9-D-36


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters