RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



QUESTÕES QUE INTERESSAM AO PORTO E CAMINHOS DE FERRO DE LOURENÇO MARQUES.

Memoria elaborada pela Comissão do Conselho de Administração do Porto e Caminhos de Ferro de Lourenço Marques. Imprensa Nacional. Lourenço Marques. 1908.

De 24x16 cm. Com 129 págs. Ilustrado com numerosas tabelas de dados estatísticos. Brochado.

Exemplar com pequena falha de papel no canto superior esquerdo da capa de brochura anterior.

Obra em que se apresentam as investigações e alvitres de uma comissão nomeada pelo Conselho de Administração do Porto e Caminhos de Ferro de Lourenço Marques, para estabelecer as bases da defesa dos interesses portugueses na Conferência de Pretória (1908).

Esta memória resulta da condensação de documentos produzidos pelos vogais da comissão, apresentando um esboço histórico das circunstâncias políticas e económicas da África do Sul antes e depois da assinatura do «Modus Vivendi» de 1901, caracterizando o impacto do Transvaal para o desenvolvimento industrial e social de Moçambique.

Descreve de forma clara e documentada a balança comercial entre Moçambique e o Transvaal, tecendo diversas considerações de natureza económica e política a respeito da situação dos colonos portugueses na região e do valor do porto e caminho-de-ferro da colónia portuguesa.

Apresenta apensos diversos dados estatísticos compilados pelos vogais deste grupo, de que fizeram parte Alexandre Couto, G. Merson, E. Torre do Valle e Hugo de Lacerda.

Referência: 1803JR098
Local: I-44-D-24


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters