RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



GRÉMIO DOS SEGURADORES.

Relatórios da direcção relativos ao período de gerência dos anos de 1934 a 1943. Lisboa. 1935 – 1944.

De 21,5x16 cm. Com 146 págs. Contém dezenas de desdobráveis.

Encadernação com lombada em pele executada de Mestre Frederico d’Almeida, preservando as capas de brochura.

Relatórios que possuem orçamentos, balanços de contas, organização interna e legislação relativos ao ano em estudo.

O Grémio dos Seguradores, criado por decreto-lei em 1934, exerceu funções de orientação e fiscalização da indústria de seguros em Portugal e dele faziam obrigatoriamente parte todas as sociedades nacionais e estrangeiras que exerciam atividade seguradora em território português.

Seria extinto em 21 de Junho de 1975, por decreto-lei, consequência da onda de nacionalizações na Banca e nos Seguros. Posteriormente, viria a ser substituído pelo “Instituto Nacional de Seguros”, criado por decreto-lei em 1976.

O seu primeiro presidente da direcção foi o Professor Marcelo Caetano, futuro Presidente do Conselho de Portugal entre 1968 e 1974.

Referência: 1807DC265
Local: I-9-A-21


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters