RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



CÉSAR. (Victoriano José) INVASÕES FRANCESAS EM PORTUGAL.

1º Parte. Invasão Franco-Hespanhola de 1807. Roliça e Vimeiro. [2º Parte. Invasão Francêsa de 1809. De Salamonde a Talavera]. Por Victoriano José Cesar, Major do Serviço d'estado-maior e lente adjunto da Escola do Exercito. Typ. da Cooperativa Militar. Lisboa. 1903 e 1907.

2 volumes de 24x16,5 cm e 23x16 cm. com 162, [ii] e 252 págs. Brochados

1º volume ilustrado com uma planta desdobrável da batalha do Vimeiro.

Exemplar com dedicatória do autor a Manuel Maria de Oliveira Ramos, na folha de rosto do 2º volume.

Foi publicado mais um volume sobre a 3ª invasão. As capas de brochura dos dois primeiros volumes apresentam as datas de 1904 e 1908, diferentes das que estão nas folhas de rosto e com sublinhados a lápis no texto.

Pormenorizados estudos das invasões francesas de Portugal, em que o autor reúne e analisa tudo o que tinha sido escrito até ao início do século XX sobre estas complexas campanhas militares que marcaram profundamente Portugal. As fontes e a bibliografia são referidas em notas de rodapé.

Victoriano José César (Cartaxo, 1860 - Lisboa, 1939) foi oficial do Exército e historiador militar, General com o curso de Estado-Maior. Representante de Portugal nas grandes manobras em França de 1907, fez parte da embaixada extraordinária enviada a Espanha em 1912, quando da comemoração do centenário das cortes de 1812. Professor da cadeira de Táctica do Estado-Maior, foi sucessivamente sub-chefe do Estado Maior do Exército, comandante-geral da Guarda Nacional Republicana, comandante de 1.ª Divisão Militar, de Lisboa e Presidente da Comissão de História Militar.

Entre1896 e 1930, escreveu dezenas de artigos sobretudo de história, mas também sobre vários aspectos da profissão das armas Os seus últimos escritos foram publicados na Edição Monumental da História de Portugal de Barcelos.

Foi membro do Partido Evolucionista de António José de Almeida, por isso a sua obra historiográfica é muito influenciada pela visão republicana da história das instituições portuguesas.

Referência: 1807PG034
Local: I-14-D-3


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express

SERVIÇOS

Avaliações e Compra


Organização de Arquivos


Pesquisa Bibliográfica


A SUA ENCOMENDA

Ver

Encomendar


Valor: €0

Temáticas


Índice Geral / All Categories

Livros Raros / Rare Books

free counters