RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



NABAIS. (Justo Maria) DOUTOR OLIVEIRA SALAZAR. [Retrato de Perfil em Poesia Visual]

Escolas Profissionais Salesianas. Oficinas de S. José. Lisboa. S. d. [1949?]

De 29x20,5 cm. com 1 folha de papel encorpada preenchida só pela frente com o verso em branco.

Ilustrado com retrato de perfil de António de Oliveira Salazar, olhando para a direita, constituído por extractos de vários dos seus discursos, dispostos de maneira a representar o referido perfil.

Trabalho de Justo Maria Nabais, aluno do 4º ano de Composição das Escolas Profissionais Salesianas, Oficinas de S. José.

Folha de apoio e de propaganda das ideias políticas e da personalidade de António de Oliveira Salazar, que governou Portugal entre 1928 e 1968.

Elaborada por um aluno dos cursos profissionais, é um valioso testemunho da transmissão das ideias fundamentais do Estado Novo através do sistema de ensino. Do ponto de vista literário e artístico este trabalho revela uma curiosa influência da poesia visual da época barroca, conforme estudada por Ana Haterly, exercida provavelmente através de memórias populares.

Os extractos que compõem este documento pertencem ao Discurso à União Nacional, no Palácio da Bolsa, no Porto, em 7 de Janeiro de 1949, intitulado: «O meu depoimento.», proferido pelo Dr. António de Oliveira Salazar ao inaugurar a conferência da União Nacional e a campanha para a reeleição do Presidente da República.

Nele são transcritas as partes I, II, III e IV até à frase "Este aspecto é para mim dos mais graves." Estes extractos ocupam as páginas 351 a 361 do IV volume, 1943 a 1950, da obra Discursos e Notas Políticas de Oliveira Salazar, Coimbra Editora. 1951. A transcrição tem uma variante na parte IV em relação ao texto dos Discursos e Notas Políticas. Este discurso é um dos mais importantes de Oliveira Salazar, pela centralidade que ocupa na sua carreira política e pelo seu importante conteúdo.

Nele reflecte sobre a sua vida pessoal e política e aponta as principais características ideológicas que devem presidir ao funcionamento do regime, designado de Ditadura Constitucional e da sociedade.

Peça bibliográfica de grande importância histórica e raridade, mencionada em poucas bibliografias. É reproduzida na obra de Joaquim Vieira - António de Oliveira Salazar, Fotobiografias do século XX, página 86.

Referência: 1810PG004
Local: Gravureiro Gav. 7


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express

SERVIÇOS

Avaliações e Compra


Organização de Arquivos


Pesquisa Bibliográfica


A SUA ENCOMENDA

Ver

Encomendar


Valor: €0

Temáticas


Índice Geral / All Categories

Livros Raros / Rare Books

free counters