RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ARONS DE CARVALHO. (Alberto) e A. MONTEIRO CARDOSO. DA LIBERDADE DE IMPRENSA.

Editora Meridiano. Lisboa. 1971.

De 21x15 cm. Com 628, [iii] págs. Brochado.

Obra que consiste num considerável desenvolvimento de um estudo elaborado para a cadeira de Direito Administrativo da Faculdade de Direito de Lisboa, em que está patente um juízo crítico que se fundamenta, basicamente, na defesa dos direitos dos povos a serem informados e a discutirem livremente.

Composta por quatro partes em que é descrita e analisada a situação da imprensa nos regimes de democracia política (com o exemplo da França), nos regimes socialistas, regimes autoritários (Espanha, Grécia e Brasil) e em Portugal.

Contém uma antologia de escritos de António de Oliveira Salazar, Marcelo Caetano e Ferreira de Castro, a transcrição dos diplomas legais que regulamentaram a imprensa em Portugal desde 1910 e bibliografia.

Na parte respeitante a Portugal é feita uma análise, recuando por vezes até à legislação do século XIX, refere-se a 1ª República, é detidamente estudada a legislação e a situação económica das empresas jornalísticas durante o Estado Novo e o projecto de Lei apresentado por Sá Carneiro, em 1970 e que não foi aprovado.

Referência: 1810PG070
Local: I-10-G-1


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express

SERVIÇOS

Avaliações e Compra


Organização de Arquivos


Pesquisa Bibliográfica


A SUA ENCOMENDA

Ver

Encomendar


Valor: €0

Temáticas


Índice Geral / All Categories

Livros Raros / Rare Books

free counters