RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ARTE (A) MUSICAL - REVISTA PUBLICADA QUINZENALMENTE.

1899 - 1º anno (Nº 1 a 24). [1900 - 2º anno (Nº 25 a 48). 1901 - 3º anno (Nº 49 a 72). 1902 – 4º anno (Nº 73 a 96). 1903 – 5º anno (Nº 97 a 120). 1904 – 6º anno (Nº 121 a 144). 1905 – 7º anno (Nº 145 a 178). 1906 – 8º anno (Nº 169 a 192). 1907 – 9º anno (Nº 193 a 217). 1908 – 10º anno (Nº 218 a 241). 1909 – 11º anno (Nº 242 a 265). 1910 – 12º anno (Nº 266 a 289). 1911 – 13º anno (Nº 291 a 313). 1912 – 14º anno (Nº 314 a 337)] Director: Michel"angelo Lambertini. Editor: Ernesto Vieira. Lisboa. 1899 a 1912.

Obra em 14 tomos de 24x16 cm. Com 196-xvi, 192-xvi, 244-xxxii, 220-xxxii, 288-xxxiv, 308-xxxii, 288, 268-clxxxii, 282-clxxxviii, 264-cxc, 316-lxxxii, 248-cxciv, 208-lxxxviii e 228-clxx págs.

Encadernações de época inteiras de pele, com cortes dourados por folhas, guardas decoradas com magnífico papel fantasia e impressões a ouro sobre as capas anteriores e lombadas dos 14 tomos. 

Exemplar valorizado por  preservar as capas de brochura originais e as páginas de publicidade da casa Lambertini, reunidas em anexo nos 14 tomos.

Todos os tomos apresentam selos bibliográficos da biblioteca de Michel"Angelo Lambertini colados no interior das pastas anteriores. Com rasgão na pasta posterior de encadernação do primeiro tomo. 

Colecção com falta dos números 338 a 409, correspondentes ao 15.º, 16.º e 17.º ano de publicação.

Repositório de grande interesse para o estudo da musicologia e da História da Música em Portugal, apresentando uma colecção de 337 números do periódico em epígrafe, correspondentes aos primeiros 14 anos de publicação.

Trata-se de uma publicação periódica surgida a 15 de Janeiro de 1899 pelas mãos de Michel"Angelo Lambertini (1862-1920), director, e de Ernesto Vieira (1848-1915), editor (depois da morte deste último, A Arte Musical conheceu mais dois editores: António Gil (entre Setembro de 1904 e Agosto de 1905) e José Nicolau Pombo (de Agosto de 1905 até Dezembro de 1915)).

Colaboraram neste periódico Jorge Colaço, Francisco Valença, Lambertini, Carlos de Mello, Adriano Merea, Alberto Bessa, Cândido de Figueiredo, Fonseca Benevides, Sousa Viterbo, Teófilo Braga, Manuel d"Arriaga, Alfredo Pinto, entre outros.

Fonte incontornável para o estudo da actividade musical à época, apresentando grande número de elementos para o estudo das políticas nacionais em matéria de educação musical, de apoio às artes e aos artistas, bem como dos espetáculos. Apresenta ainda crónicas, poemas e contos, biografias de vários artistas nacionais e estrangeiros, artigos sobre a história da música e dos estilos musicais, dos instrumentos e sua prática, bem como sobre as actividades desenvolvidas no Conservatório Real de Lisboa, na Real Academia de Amadores, na Sociedade Orpheon Portuense, na Schola Cantarum, e outras instituições congéneres.

Referência: 1811JR017
Local: I-15-C-1


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters