RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



D'OREY. (Leonor) OURIVESARIA.

Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva. Museu-Escola de Artes Decorativas Portuguesas. Lisboa. 1998.

De 29x24 cm. Com 247 págs.

Encadernação do editor com sobrecapa de protecção. Muito ilustrado com fotogravuras coloridas.

Obra resultante da inventariação rigorosa e do estudo aprofundado das obras de arte doadas por Ricardo Espírito Santo Silva à Nação Portuguesa, em 1953.

Apresenta o núcleo de peças de ourivesaria profana do museu supracitado, essencial para a compreensão da evolução do gosto e da técnica do trabalho em prata em Portugal, documentando em qualidade e número os percursos da arte portuguesa ao longo de cinco séculos (sécs. XV a XIX). O conjunto em estudo abrange cerca de 250 exemplares na sua maioria puncionados, analisando os grandes centros de fabrico em Lisboa e Porto e ainda outros como Guimarães, Évora e Rio de Janeiro, bem como as obras de oitenta mestres ourives portugueses.

O arrolamento das peças desta importante colecção organiza-se em núcleos temáticos, afectas às epígrafes: Prataria de Aparato, A Mesa, As Novas bebidas: o chá e o café, A Iluminação, A Escrita, Higiene e Toillete, Em viagem. Contém apensos: O inventário geral da colecção, descrição pormenorizada das marcas e simbologia heráldica das pratas em estudo e bibliografia.

Edição valorizada pela inclusão do preâmbulo do catálogo da Exposição Les Trésors de L"Orfèvrerie du Portugal, escrito em Outubro de 1954 por Ricardo Espírito Santo Silva, que levou ao Museu de Artes Decorativas de Paris um certame de peças de ourivesaria civil e religiosa portuguesa.

Referência: 1811JR030
Local: I-19-A-4


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters