RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ANAIS DO MUNICÍPIO DE TOMAR.

I – 1840-1869. Crónica dos Acontecimentos citadinos no século decorrido de 1 de Janeiro de 1840 a 31 de Dezembro de 1939. [II – 1801-1839. Crónica dos acontecimentos citadinos nos Séculos XVIII, XIX e XX. III – 1870-1901. Crónica dos acontecimentos citadinos nos séculos XVII, XVIII e XIX. IV – 1581-1700. Crónica dos acontecimentos citadinos nos séculos XVI, XVII, XVIII, XIX e XX. Com um apêndice referente a documentos régios de 1504 a 1579, traslados no Livro «O Cardoso». VI – 1771-1800. Crónica dos acontecimentos ocorridos no Concelho desde 1137 até final do século passado. Com um apêndice incluindo vários documentos do começo do século XIX, e que só foram encontrados depois de concluído o Volume destes Anais, referente a 1801-1839. VII – 1454-1580. Crónica dos acontecimentos ocorridos no Termo de Tomar desde 1137 até final do século passado. Edição da Câmara Municipal de Tomar. Tomar. 1940-1971.

Obra em 6 (de 9) volumes de 25x18 cm. Com 318, 520, 423, 439, 491 e 446 págs. Brochados.

Exemplar com falta dos tomos V, VIII e IX. O volume II apresenta restauro e títulos de posse sobre a folha de anterrosto. Tomo IV com anotação manuscrita sobre o interior da capa anterior de brochura.

Edição comemorativa do 8º Centenário da Fundação de Portugal e 3º da Restauração da Independência Nacional, publicada em harmonia com o n.º 5 do artigo 8º do Código Administrativo e na sequência de uma sugestão do vereador-presidente da Comissão Municipal de Arte e Arqueologia, Alberto de Sousa Amorim Rosa.

Contributo fundamental para a memória e identidade tomarenses, contendo as principais deliberações de fomento e interesse regional tomadas pela Câmara Municipal de Tomar, entre finais da idade moderna e ao longo da idade contemporânea, bem como acerca das belezas, glórias e efemérides do povo de Tomar.

Apresenta um acrisolado esforço de selecção, interpretação e resumo de documentos extraídos de extractos das actas, correspondência, contratos e outros documentos existentes nos arquivos camarários; extractos das «Posturas do Século XVII»; do «Registo Camarário O Cardoso»; dos Livros de Registos de Diplomas Régios; Livros de Aforamentos; Livros de Arrematações; Livros e Autos de «Corridas»; acrescidos de elementos colhidos nas Bibliotecas da Ajuda e Nacional; Arquivos Nacional da Torre do Tombo, e Históricos Militares e da Câmara Municipal de Lisboa; da União dos Amigos dos Monumentos da Ordem de Cristo; da Santa Casa da Misericórdia de Tomar. Enriquecido com elementos colhidos em crónicas e histórias de época, em Enciclopédias, artigos e palestras.

A colecção em epígrafe, a que faltam três volumes, representa um contributo de grande interesse para a análise circunstanciada da história de Tomar de finais da idade moderna até ao final da dinastia de Avis, com a derrota de el-Rei D. António na Batalha de Alcântara, sob a dinastia dos Filipes até à Restauração, durante o governo do Marquês de Pombal, passando pela agitação das invasões francesas, das lutas entre D. Pedro IV e D. Miguel I, das pugnas entre cartistas e constitucionais, até finais do século XIX, descrevendo as vagas de desenvolvimento e progresso económico da região.

Colecção valorizada pela presença do primeiro tomo da colecção, hoje raridade bibliográfica.

Referência: 1811JR078
Local: I-9-D-9


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters