RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



LOPES. (António) GOMES FREIRE DE ANDRADE.

Um Retrato do Homem e da Sua Época. Edição Grémio Lusitano. Lisboa. 2003.

De 23x16 cm. Com 155 págs. Brochado. Ilustrado no texto.

Contém prefácio de António Arnaut, Grão-mestre da Maçonaria, apêndices e extensa bibliografia.

Obra de carácter apologético, ainda que com muito valor informativo, escrita por António Lopes, licenciado em História e membro da maçonaria, sobre um personagem da história de Portugal, cuja memória está envolta em polémicas, ainda não ultrapassadas por uma abordagem rigorosa e científica.

Gomes Pereira Freire de Andrade e Castro (Viena de Áustria 1757 - Lisboa 1817) foi um nobre português, filho do embaixador de Portugal em Viena, aparentado com as mais ilustres famílias do Reino, como os Condes de Bobadela e os Marqueses de Minas. Seguiu a carreira militar, sendo em 1796 marechal de campo e em 1807 tenente general. Aquando das invasões francesas Gomes Freire colocou-se ao serviço dos invasores, integrando a Legião Portuguesa, como segundo comandante e continuou ao serviço da França Napoleónica até ao fim em 1815.

De volta a Portugal foi ilibado de todas as responsabilidades e dedicou-se ao desenvolvimento da maçonaria de que foi nomeado Grão-mestre. Envolvido numa conspiração foi condenado á morte e executado em S. Julião da Barra, no dia 18 de Outubro de 1817. Depois da revolução Liberal de 1820 a sentença foi anulada por outra publicada em Maio de 1822.

Referência: 1811PG008
Local: I-13-B-21


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters