RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ALMADA NEGREIROS (A. de) LA MAIN-D'OEUVRE EN AFRIQUE

Mémoire présenté au Congrès Colonial International de 1900 à Paris, à la Séance du 3 Août, par A. d" Almada Negreiros Sous-Préfet colonial, Membre de la Société de Geographie de Paris et de l" Académie Royale des Sciences de Lisbonne, etc. Secrétariat Général du Congrès. Paris. 1900.

De 24x16 cm. Com [iv], 36 págs. Brochado. Precisa de ser encadernado.

Exemplar com dedicatória do autor na folha de rosto.

O autor defende que a questão da mão-de-obra em África é a mais importante de todas as que se colocam aos colonizadores, sendo mesmo mais importante do que a obtenção de capitais e a estruturação dos sistemas administrativos.

Analisa a situação de facto das populações e propõe uma série de medidas, inspiradas na legislação e na administração das colónias francesas e inglesas, tais como contratos de cinco anos, com a maior parte do pagamento dos salários a ser feita em géneros, conjugados com o uso das autoridades tradicionais e um sistema extensivo de serviço militar.

Raro folheto muito importante para a história da colonização portuguesa.

 

 

Referência: 1811PG066
Local: I-6-D-104


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters