RUGENDAS. (Maurice) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



CARVALHO DA COSTA. (António) COROGRAFIA PORTUGUEZA,

e descripçam topografica do famoso reyno de Portugal, com as notícias das fundações das Cidades, Villas, & Lugares, que contem, Varões ilustres, Genelogias das Familias nobres, fundações de Conventos, Catálogos dos Bispos, antiguidades, maravilhas da natureza, edifícios, & outras curiosas observaçoens. [Tomo I offerecido a Elrey D. Pedro II. / Tomo Segundo offerecido ao sereníssimo Rey Dom Joam V Nosso Senhor. / Tomo Terceyro offerecido à Serenissima Senhora Dona Mariana de Austria, Rainha de Portugal]. Author o P. António Carvalho da Costa, Clerigo do Habito de S. Pedro, Mathematico, natural de Lisboa. Segunda edição. Typographia de Domingos Gonçalves Gouvea. Braga. 1868 e 1869.

Obra em 3 volumes.

In fólio (de 31x22 cm.) com (xv)-463-xlviii-(i); viii-421-xl-(iii); e (xiv)-461-xvi-(i) pags.

Encadernações da época com lombadas em pele

Exemplar com título de posse manuscrito sobre as folhas de rosto de cada volume.

Inocêncio I, 105 e XX, 189: P. "António Carvalho da Costa, Presbítero secular, natural de Lisboa onde nasceu em 1650, e morreu em 1715. Não devendo muito á natureza pelo que diz respeito aos dotes físicos, pois todos os seus biógrafos no-lo pintam de pequena estatura, corcovado, e disforme, foi contudo ornado de muito talento, e amor ao estudo, adquirindo copioso cabedal de instrução e conhecimentos nas ciências matemáticas que professou, e na história e topografia do reino, do que dão testemunho as suas obras. Frei Manuel de Figueiredo, na sua alias resumida e acanhadíssima Descripção de Portugal, na pag. XVII, falando da Corographia e do Padre Carvalho diz que este «Empreendendo na composição desta obra uma acção merecedora de muito louvor, seria mais estimável o seu projecto, se tivesse talentos e meios para desempenhar a sem mendigar e crer muito do que mandou estampar». Este juízo do cronista cisterciense há sido confirmado por outros críticos, e ninguém hoje duvida de que a Corographia do P. Carvalho envolva gravíssimos defeitos. Notam se lhe principalmente faltas e erros na parte genealógica, em que parece terem sido muito escassos os seus conhecimentos, recebendo por isso sem critério as noticias que os interessados lhe forneciam, abusando da sua sinceridade, ou talvez da condescendência a que o obrigava a mingua de recursos próprios. Os catálogos dos bispos das catedrais do reino passam também por pouco exactos: e no tocante á origem e fundações das cidades e vilas adopta sem crítica nem exame as opiniões de Fr. Bernardo de Brito, e dos outros escritores do mesmo jaez que em seu tempo andavam em voga, e cujos sonhos corriam ainda como verdades indubitáveis. Tais defeitos todavia não obstam a que esta obra seja estimada e procurada dentro e fora do reino, e os exemplares vão escasseando cada vez mais no mercado, de modo que ao fim de alguns anos terão de tornar se verdadeiramente raros. A Corographia teve 2.ª edição. Braga, typ. de Domingos Gonçalves Gouveia, 1868-1869. 8.o. 3 tomos: I, de 16-463-48-1 pag.; II, de 8-421-40-1-1 pag.; III, de 14-461-16-1 pag".

Referência: 1910JC005
Local: I-105-B-35


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters