RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



LEITE DE VASCONCELLOS. (J.) DA FALA DE BARRANCOS.

Imprensa Nacional. Lisboa. 1939.

De 24,5x16 cm. Com 21 págs. Brochado.

Folheto com dedicatória do autor.

Nesta separata do Boletim de Filologia, publicada pelo Centro de Estudos Filológicos, J. Leite de Vasconcelos definiu a essência desta linguagem, mostrando a influência do espanhol na língua portuguesa.

O facto do concelho de Barrancos penetrar pelo território espanhol como uma cunha, fez daqui resultar particularidades nas relações sociais entre os países vizinhos, que já vêm sido documentadas desde a Idade Média. Deste modo, rara é a família barranquenha que não descenda de cepa espanhola e quase todos os habitantes falam sem diferença as línguas espanhola e portuguesa.

Esta influência espanhola no português criou um tipo especial de linguagem designado na povoação por barranquenho ou fala barranquenha.

Referência: 2003AF139
Local: SACOAF004


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express

SERVIÇOS

Avaliações e Compra


Organização de Arquivos


Pesquisa Bibliográfica


A SUA ENCOMENDA

Ver

Encomendar


Valor: €0

Temáticas


Índice Geral / All Categories

Livros Raros / Rare Books

free counters