RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS, QUADRO A ÓLEO PINTADO SOBRE MADEIRA.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



PERSPECTIVA (A) DAS COISAS. A NATUREZA MORTA NA EUROPA.

Segunda Parte: Séculos XIX-XX (1840-1955).  Museu Calouste Gulbenkian. Galeria de Exposições da Sede. 21 Outubro 2011 - 8 Janeiro 2012. Coodernação-Geral João Castel Branco Pereira, Director, e Nuno Vassalo e Silva, Director Adjunto. Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa. 2011.

De 28x23,5 cm. Com 247 págs. Brochado. Impresso sobre papel couché.

Ilustrado a cores no texto com fotografias e reproduções de pinturas.

Segundo volume do catálogo da exposição 'A Perspectiva das Coisas. A Natureza Morta na Europa', apresentada no Museu Calouste Gulbenkian, em Lisboa, entre 21 de Outubro de 2011 e 8 de Janeiro de 2012.

Os principais capítulos da obra são: 'Reflexões sobre a presença: prolegómenos; Negociar a tradição: dádivas da Natureza e artifícios; Jogos de Relações: a natureza morta enquanto forma; Estrutura e espaço; Exílios e outros: política, primitivismo e o eu interior; A essência das coisas: materialidade e imaterialidade; A vida moderna: máquinas e produção em massa; Modernismos: identidades nacionais e a atracção de Paris; As próprias coisas: o choque da fotografia; A crise do objecto: sonhos e pesadelos; Da cena de caça ao horror; Da perspectiva das coisas'.

Referência: 2106JL106
Local: I-91-A-20


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters