RUGENDAS, Maurice. HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SEVERIM DE FARIA, Manuel DISCVRSOS VARIOS POLITICOS

POR MANOEL SEVERIM DE FARIA Chantre & Conego na Santa Sê de Euora. EM EVORA. Impressos por Manoel Carvalho. Impressor da Vniversidade. Anno 1624.

De 19x13 cm. Com 185 fólios.

Encadernação da época inteira de pele, com ferros a ouro na lombada.

Ilustrado com o magínifico primeiro retrato impresso de Luís de Camões, assinado Paulus Sculp.

Primeira edição. Rara impressão eborense, adornada com o escudo gravado com as armas do autor e tarja tipográfica no rosto. Todos os fólios com cercadura xilográfica dupla.

Exemplar com falta das 2 raríssimas gravuras com os retratos de João de Barros e Diogo do Couto, o que geralmente acontece aos exemplares desta edição.

O discurso primeiro trata do muito que importará para a conservação da Monarquia de Espanha, assistir sua Magestade com sua Corte em Lisboa. Vida de João de Barros. Discurso II: Das partes que á de haver na linguagem para ser perfeita, e como a Portuguesa as tem todas, e algumas com eminência de outras línguas. Vida de Luís de Camões. Discurso com que condições seja louvável o exercício da caça. Vida de Diogo do Couto. Discurso quarto sobre a origem e grande antiguidades das vestes que usa por hábito Eclesiástico o clero de Portugal.

Inocêncio XVI, 106. “Escreveu Severim de Faria grande numero de obras estimaveis em diversos generos, pela maior parte illustradoras da historia patria, cujos titulos pódem ver-se extensamente na Bibl. Lus. As que ficaram manuscriptas passaram depois do seu falecimento, juntamente com a sua copiosa e escolhida livraria, a enriquecer outra, ainda mais abundante e numerosa, qual era em Lisboa a do Conde do Vimieiro, riquissimo thesouro litterario, que foi como tantos outros reduzido a cinzas pelo incendio subsequente ao terremoto de 1755. - As que hoje se conservam, por terem gosado do beneficio da impressão, ainda em vida do auctor, são as seguintes:1290) (C) Discursos varios politicos. Evora, por Manuel Carvalho 1624. 4.º de VI-185 folhas, numeradas por uma só face. - Ahi se comprehendem tambem as vidas de Luis de Camões, João de Barros e Diogo do Couto acompanhadas as duas primeiras de retratos, que serviram de typo ou modelo para os que posteriormente se gravaram, tanto do famoso poeta, como do insigne historiador.”

Azevedo e Samodães, 3167. “Na composição, embelezada de varias letras iniciais de desenho de fantasia, cabeções e florões decorativos e vinhetas ornamentais (gravura em madeira), aplicaram-se caracteres redondos e itálicos de vários corpos, sendo os de menor nas notas e citações marginais que acompanham o texto. Além do mencionado, o volume tem tambem a ilustrá-lo os (3) retratos, colocados em frente das Vidas respectivas destes escritores. Os retratos são gravados a buril em chapa de cobre, tendo os últimos as rubricas dos artistas que os executaram. Por o que fica transcrito se avalia facilmente do muito merecimento do livro, realmente notável a muitos respeitos. O autor é considerado um dos nossos bons clássicos seiscentistas. Edição primitiva, sem duvida a melhor e por isso a mais estimada. Os exemplares são actualmente MUITO RAROS, mormente quando completos e perfeitos como está o nosso, que contem os tres mencionados retratos, o que rarissimamente se vê, pois quasi sempre falta o de Diogo do Couto.”

Referência: 0907CS022
Local: M-9-C-11


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters